ColunasOlhar Esportivo

A culpa é da imprensa!

Virou moda em nosso país culpar e questionar a imprensa. Questionar é sempre válido e importante,o ser humano inteligente pode e deve questionar sempre, desde que seja feito com inteligência e bons argumentos. Mas não é o que tem ocorrido, e com frequência, em nosso país. Nosso governo e seus eleitores, mais fanáticos, questionam e culpam a chamada “imprensa” pelas mazelas que são apontadas, porém não apresentam bons argumentos ou justificativas pertinentes.

Essa semana Daniel Alves, jogador do São Paulo e da seleção brasileira, ao ser questionado sobre a falta de rendimento do time, e o seu também, optou por seguir este caminho, ao invés de responder e argumentar com inteligência, preferiu culpar e questionar a imprensa. Esse caminho parece ser mais fácil e prático, responder desenvolvendo uma linha de raciocínio  inteligente e esclarecedora deve dar muito mais trabalho.

Dentre o que foi dito pelo jogador, dois pontos me chamaram à atenção:

O primeiro foi quando disse que a imprensa não entedia porque a maioria nunca jogou futebol. Como assim? Então para que você entenda e fale sobre um assunto, você precisa te-lo praticado? Não basta que você estude sobre o mesmo ou o acompanhe de perto por anos? É preciso ter sido politico para entender, falar ou ver erros na politica, por exemplo?

O segundo foi quando disse que o papel da imprensa era causar instabilidade. Quando esse passou a ser o papel da imprensa? Essa fala só demonstra o quanto o jogador estava equivocado em sua opinião e não tinha base para seus argumentos, talvez porque nunca tenha sido jornalista na vida e por isso não saiba o papel da imprensa (seguindo a sua linha de raciocínio).

O papel da imprensa é informar com precisão de forma séria, imparcial e comprometida com a verdade.

Não vou dizer que não existam pessoas “ruins de serviço” e incompetentes no meio da imprensa, como também existem em todas as outras áreas, inclusive no futebol. A forma de combatermos a “imprensa ruim” seria confrontando-a com argumentos inteligentes e bem fundamentados. Claro que existe sempre o jeito mais fácil que é colocar tudo no mesmo “saco” e culpar a imprensa, afinal de contas, a mesma procura causar instabilidade, seja no governo, seja no futebol. Pelo menos é o que está na moda fazer.

Deixe seu comentário

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar