Take a fresh look at your lifestyle.

A Usurpadora: clássico mexicano vai virar série

A emissora de televisão mexicana, Televisa, anunciou que irá escolher cerca de 12 telenovelas para serem transformadas em séries.  Entre as escolhidas, está “A Usurpadora”, novela de sucesso exibida no Brasil pelo SBT no final da década de 1990.

Detalhes sobre a produção ainda não foram revelados. Além de A Usurpadora, também serão adaptadas as novelas  Rubi, A Madrasta Coração Selvagem.

Gabriela Spanic, atriz que deu vida às gêmeas  Paola Bracho e Paulina Martins, comemorou a notícia em sua conta oficial no Twitter, manifestando alegria com o novo projeto.

Isso me faz sorrir! Na novela que me consagrou como vilã  é  dificil reconhecer que eram protagonistas: a má e a boa! Eu tambem envio energias boas à novela latina mais reprisada da TV, que agora poderá ser vista em todas as partes do mundo, gostem ou não!”, em tradução livre.

A novela mexicana foi exibida originalmente no México em 1998, pela Televisa. A trama narra a história de Paulina, uma jovem humilde e honesta, que é se vê obrigada a trocar de lugar com Paola, sua gêmea ambiciosa e má, no comando da família Bracho.

A Usurpadora foi exibida pela primeira vez no Brasil em 1999, pelo SBT. Em sua primeira transmissão, a novela foi um sucesso imediato, surpreendendo ao alcançar um índice semanal de audiência entre 19, 20 e 21 pontos, segundo o Ibope.  Cada ponto de audiência, na época, equivalia a cerca de 80 mil telespectadores na Grande São Paulo.  Todo esse sucesso fez com que a novela ela fosse precisada no ano seguinte.  Em 2005, a emissora decidiu reexibir  a novela adicionando-a novamente à programação. Fato se que se repetiu também em 2007, 2013, 2015 e 2016, somando um total de 7 exibições no país.

A Usurpadora já foi vendida para 120 países e traduzida em mais de 25 idiomas.

Close