18.4 C
Belo Horizonte
quarta-feira, 7 dezembro 2022

Renova Excursão

Evento de Games promete levar inovação, tecnologia e música para público de Mariana e Ouro Preto

Os fãs de videogames e tecnologia de Ouro Preto, Mariana e região terão a oportunidade de participar de um evento gratuito do dia 25 ao 29 de maio, sem ter que se deslocar para grandes centros. Trata-se do Valin Week Games 2022, que promete levar inovação, criatividade e cultura digital para a região histórica de Minas Gerais.

Haverá torneios de jogos como Counter-Strike, League of Legends, Guitar Hero e Just Dance. Criadores de jogos também poderão participar de um concurso valendo prêmio em dinheiro em uma Game Jam. Além disso, de quinta a domingo, haverá shows para fechar os dias de festival e a primeira atração já está confirmada: a banda Far From Alaska.

Para saber mais sobre essa novidade na Região dos Inconfidentes, o Mais Minas conversou com o idealizador do evento, Kelson Douglas, que é de Belo Horizonte, mas mora no distrito de Passagem de Mariana.

O Valin Week Games 2022 é uma iniciativa do Vale dos Inconfidentes (Valin), um ecossistema de Empreendedorismo, Inovação e Incentivo a cultura e soluções para cidades inteligentes dos municípios de Mariana e Ouro Preto. A comunidade realiza diversas ações para todo tipo de empreendedor, desde o que tem uma ideia e quer iniciar uma startup, até o que deseja inovar em seu empreendimento tradicional para acelerar seu crescimento. Eles também apoiam projetos que busquem melhorar a vida e resolvam problemas da população local através da tecnologia.

“Montei essa comunidade quando vim para cá, em 2018. A ideia é a gente fazer aqui o que acontece já em outras comunidades de inovação em Minas, como o St. Valley em Belo Horizonte, Zebu Valley em Uberaba e Ber hub em Uberlândia. Essa comunidade aglutina todo mundo que já está trabalhando e estudando com isso, fazendo a ponte com o poder público e comunica ‘para fora’ o que tem sido feito aqui”, conta Kelson.

Eventos anteriores

O Valin já realizou alguns eventos junto com o Google For Startups aqui. O Start up Weekend 2018 em Mariana, outro no ano seguinte em Congonhas e em Mariana em 2019. No ano passado houve o primeiro evento online, que trouxe a temática inédita no estado de food tech. “Fizemos vários eventos e projetos na região e no ano passado resolvemos fazer um evento próprio do Valin”, disse o organizador.

O método usado para a escolha da temática dos eventos é importante para as cidades de Ouro Preto e Mariana, pensando na necessidade de diversificação econômica, perante os percalços na mineração. Quando houve o rompimento da barragem de Fundão em 2015 e a variação do preço das commodities em 2014, por exemplo, o único eixo econômico que se manteve resiliente na região foi a agropecuária, que não corresponde nem a 2% do PIB local.

“Com a queda de mineração, o pessoal que trabalha nas mineradoras se ‘ferroa’ bastante, porque para produção e a prefeitura, que é ultra dependente de mineração, para de arrecadar e um monte de empresa que depende da mineradora quebra. Mas a parte de agropecuária continua de pé, porque não depende em nada da mineração. Então, por isso, fizemos o evento com a temática do food tech no ano passado”, explicou Kelson.

Da mesma forma, desde 2019, o Valin tem a vontade de realizar um evento com a temática game. A comunidade fez alguns levantamentos que constataram um potencial de desenvolvimento do ramo em Ouro Preto e Mariana. Além disso, o tema é explorado pelo fato de ser mais difundido dentro da sociedade.

“Quando falamos de tecnologia e startups, a maioria das pessoas, principalmente o público mais novo, não sabem o que é ou acham que é uma coisa muito longe da realidade da região. Mas quando falamos de games, eles entendem. Todo mundo sabe o que é um Minecraft, Counter Strike, a placa aceleradora para rodas os jogos e como roda no celular. Então, a tecnologia através de games faz mais sentido, faz mais parte do dia a dia das pessoas do que o ‘startupismo'”, disse o fundador da Valin.

Valin Week Games 2022

Valin Week Games promete levar inovação, tecnologia e música para público de Ouro Preto e Mariana
Foto: Instagram/Valin

Com o avanço da imunização contra a Covid-19 no país, o Valin decidiu realizar o evento de forma presencial, porém ainda não há um local definido. A sede do festival está entre Ouro Preto e Mariana. A Cidade Patrimônio seria o ideal pela facilidade, já que há uma estrutura de show melhor. Na Primaz de Minas, por exemplo, teria que dividir onde seria as atividades e a área para os shows.

Entretanto, é bem provável que o Valin Weeek Games 2022 seja em Mariana, já que Ouro Preto sofre com o aumento considerável de casos de Covid-19 e está em estado de calamidade até junho. Outro ponto é que a Cidade Patrimônio já tem algumas startups e uma base tecnológica que Mariana ainda não tem. Portanto, o festival seria importante para fomentar o setor local. A organização do evento aguarda um retorno do poder público aprovando a sua realização no município.

O festival terá oficinas, game jam, campeonatos, palestras, painéis, oficinas e os shows. Tudo isso deverá ser no Centro de Convenções. Já os shows deverão acontecer na Praça dos Ferroviários ou na Praça Gomes Freire. Os lugares escolhidos também estão sendo pensados considerando a atração de turistas para a cidade.

A ideia do Valin é realizar a final do campeonato de Just Dance em um palco, junto com a tradicional Batalha das Gerais. No sábado haverá a final de League of Legends e no domingo a de Counter-Strike.

Apesar da gratuidade do evento, algumas ações terão um pré-cadastro, como nos campeonatos. A organização tem a intenção que pelo menos 40% dos times sejam de mulheres. As oficinas também terão limitação de participantes, porém com o público-alvo de pessoas da rede pública. Já o Game Jam terá um filtro maior, porque de sexta a domingo os participantes terão que desenvolver, valendo uma premiação em dinheiro. O jogo terá que atrair turistas para Mariana, contando a história da cidade.

No Game Jam, as pessoas terão que enviar o que seria a ideia do jogo, mandar quem faz parte da equipe (de quatro a cinco pessoas) e a organização do Valin Week Games 2022 fará a análise de quem tem maior capacidade de entregar o projeto nesses dias. A prefeitura não comprará o jogo, mas entrará como uma incentivadora. Uma empresa que queira apoiar essa parte do evento financeiramente não vira dona, mas incentiva a criação do jogo.

“Estamos negociando para que o jogo não seja apenas criado, mas também vendido posteriormente. Estamos conversando com um pessoal para que, depois do evento, haja uma mentoria provisória para esse jogo ganhar vida de verdade e seja colocado em alguma plataforma”, contou.

Atrações

Valin Week Games promete levar inovação, tecnologia e música para público de Ouro Preto e Mariana
Foto: Facebook/Far From Alaska

No total, serão por volta de cinco apresentações. Além da Far From Alaska, haverá bandas locais se apresentando, além de outras atrações grandes, que serão confirmadas nos próximos dias. São duas ou três de grande porte, que farão seus shows na sexta e no sábado. Na sexta-feira, a temática do dia do festival é música e comunicação, com foco no jornalismo cultural, produção de música para games e etc.

Além disso, estão confirmados:

  • Palestra de Barral Lima (produtor do Marte Festival);
  • Palestra de representante do Porto Digital, de Recife, que é o maior ecossistema de inovação do país (será no sábado);
  • Palestra de Ronaldo Gazel (Pátio Digital).

O Valin ainda negocia para trazer alguns produtores de uma das maiores franquias do Playstation 4 (no sábado),”Horizon Zero Dawn”, além de alguns produtores de trilhas sonoras para games. Serão seis palestras por dia, em média.

A captação de recursos para a realização do evento é por meio de conexões diretas, ou seja, com patrocínio e recurso próprio.

Novas edições confirmadas

As edições de 2023 e 2024 do Valin Week Games já estão confirmadas. Se a edição deste ano funcionar da forma que os organizadores planejam, com público interessado e fluxo de turistas na cidade, a ideia é realizar um evento ainda maior nos próximos anos.

“Esse evento é uma prova de conceito. A galera de Mariana, Ouro Preto, Santa Bárbara e Catas Altas é um pessoal que só não fala de tecnologia, porque até então não existia essa conversa na mesma frequência que todo mundo entende, ficava muito restrito a papo de ‘startupeiro’ dentro da UFOP e do IF”, disse Kelson.

Secretaria de Desenvolvimento Econômico

Kelson Douglas é conhecido do secretário de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Tecnologia de Ouro Preto, Felipe Guerra. Ele é um dos nomes cotados para integrar a pasta, assumindo a direção de tecnologia e inovação. “Temos só que conversar para alinhar e colocar tudo para funcionar”, disse o idealizador do Valin.

Far From Alaska

Com passagem por festivais relevantes, como Lollapalooza Brasil, Maximus Festival, João Rock e Download Festival, em Paris, na França, no mesmo palco que recebeu o System Of A Down, a banda Far Fom Alaska é uma das grandes atrações já confirmadas do Valin Week 2022.

Veja o clipe de “Dino vs Dino” (2013), um dos maiores sucessos da banda:

A trajetória da banda começou em 2012, em Natal, no Rio Grande do Norte, com Emmily Barreto (vocais), Cris Botarelli (Steel Guitar, Sintetizador e vocais) e Rafael Brasil (guitarra), que começaram a fazer músicas em inglês, inovando o cenário do rock na região. O primeiro show do Far From Alaska já garantiu a vitória no concurso “Som Para Todos”, conquistando a oportunidade de abrir o Planeta Terra Festival 2012, em São Paulo, arrancando elogios de Shirley Manson, vocalista da banda estadunidense Garbage. Logo após as apresentações, a banda lançou seu primeiro EP “Stereochrome”.

Toda a repercussão e trabalho resultaram no primeiro álbum “modeHuman”. Aclamado por público e crítica, o disco entrou para diversas listas de melhores do ano em 2014, incluindo a da revista Rolling Stone Brasil. De lá para cá, tocaram em vários lugares pelo país e também pelo o exterior, com destaque para duas passagens marcantes em 2016: no festival americano SXSW e na edição comemorativa de cinquenta anos do Midem, em Cannes na França, um dos mais importantes eventos do mercado internacional de música, onde levaram o prêmio “We Are The Future”, de artista revelação.

Em 2017, o Far From Alaska lançou o segundo disco, “Unlikely”, gravado com a produtora Sylvia Massy, responsável por trabalhos com Red Hot Chili Peppers, TOOL e Johnny Cash, no estado do Oregon (EUA).

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: