21.9 C
Belo Horizonte
sábado, 1 outubro 2022
Portal Mais MinasAgenda CulturalOuro Preto recebe Congresso Internacional do Culto ao Senhor Bom Jesus de Matosinhos

Ouro Preto recebe Congresso Internacional do Culto ao Senhor Bom Jesus de Matosinhos

Tradição secular portuguesa tem forte presença nas cidades históricas de Minas Gerais

O Congresso Internacional do Culto ao Bom Jesus de Matosinhos chega neste ano a sua segunda edição, revivendo a tradição religiosa portuguesa enraizada em toda Minas Gerais, sendo um dos cultos mais antigos de toda a cristandade.

O Culto ao Bom Jesus de Matosinhos é tão marcante na tradição mineira que se faz presente em 24 cidades, sendo também os maiores jubileus do Estado e do Brasil, realizados há mais de dois séculos nas cidades de Congonhas e Conceição do Mato Dentro.

O evento

Com a presença de representantes portugueses da história de devoção e do culto ao Bom Jesus de Matosinhos na Europa, a abertura do Seminário aconteceu na tarde desta terça-feira, em Ouro Preto, no anexo do Museu da Inconfidência, e contou com a presença de representantes das cidades mineiras que mantém a tradição do culto ao Bom Jesus de Matosinhos.

Compuseram a mesa de abertura do Congresso os prefeitos de Ouro Preto, Ângelo Oswaldo; de Itapecerica e presidente Associação das Cidades Históricas de Minas Gerais, Wirley Reis; de Congonhas, Cláudio Souza; além do vereador de cultura da Câmara Municipal de Matosinhos, Portugal, Fernando Rocha, e da representante da Secretaria de Estado de Cultural e Turismo de Minas Gerais e diretora da Escola de Arte Rodrigo Melo Franco de Andrade, Gabriela Rangel.

Em suas falas iniciais, todos abordaram a importância da devoção irmanada entre os dois países e as cidades que mantém viva a tradição de devoção ao Bom Jesus de Matosinhos, nascida na cidade portuária do norte de Portugal. Essa devoção tem origens antiquíssimas. Segundo uma lenda, ela nasceu quando uma imagem de Jesus crucificado foi encontrada em uma praia de Matosinhos, em Portugal, no ano de 124.

A abertura do Congresso contou com palestras de especialistas nacionais e internacionais sobre a história do culto e sua devoção espalhada pelo mundo.

Finalizando as palestras, o historiador português Joel Cleto fez uma explanação geral sobre a cidade de Matosinhos e o culto ao Bom Jesus, espalhado hoje por todo o mundo. Ao fim da abertura do evento, o vereador de cultura da Câmara Municipal de Matosinhos, Portugal, Fernando Rocha, entregou aos prefeitos das cidades de Ouro Preto, Congonhas e Itapecerica uma réplica da imagem original do Bom Jesus de Matosinhos, de Portugal, feita em escala.

A programação do Congresso seguiu com a abertura da exposição dedicada ao Culto do Bom Jesus de Matosinhos, com imagens da devoção nas cidades mineiras, fotos das igrejas, do Bom Jesus, além de cartazes das festas e jubileus realizados ao longo dos séculos. A exposição está montada na Casa de Gonzaga, centro histórico de Ouro Preto, aberta ao público, com entrada franca.

Nesta quarta-feira, a programação do Seminário visitará o Santuário do Bom Jesus de Matosinhos em Congonhas – Patrimônio Cultural da Humanidade – no dia consagrado ao Senhor de Matosinhos, 14 de setembro, participando da tradicional missa na Basílica.

O prefeito de Ouro Preto, Angelo Oswaldo, disse que “essa é uma devoção que ultrapassou montanhas e mar. E veio para a Minas do ouro, quando portugueses vieram povoar o Estado em busca de riquezas, formando aqui uma cultura bem peculiar, com traços originais portugueses na religiosidade, como se vê no culto ao Bom Jesus”.

O presidente da Associação das Cidades Históricas de Minas Gerais, Wirley Reis, ressaltou a importância do Congresso, dizendo que “nosso encontro se dá por meio da ligação da fé, da tradição, de valores que unem pessoas, cidades, países e continentes. É exatamente isso que estamos fazendo hoje, em Ouro Preto, mantendo viva nossa fé, esperança e nossas tradições mais verdadeiras”.

O Congresso é realizado pela Prefeitura de Ouro Preto, Câmara Municipal de Matosinhos (Portugal), Prefeitura de Congonhas e a Associação das Cidades Históricas de Minas Gerais e vai até o dia 15 de setembro, com eventos nas cidades de Ouro Preto e Congonhas.

Para mais informações, acesse www.ouropreto.mg.gov.br ou acompanhe as redes sociais da Prefeitura de Ouro Preto ou o instagran da Associação das Cidades Históricas @cidadeshistoricasdeminas.

Fonte: Petrônio Souza

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: