Ultimate magazine theme for WordPress.

Atlético joga mal, empata com o Campinense, mas avança na Copa do Brasil

Regulamento da competição premia visitante com direito do empate

O Atlético foi à Paraíba para estrear na Copa do Brasil. Campeão em 2014, o Galo iniciou a busca pelo bicampeonato contra o Campinense. Mesmo tendo um novo rendimento baixo, os comandados de Rafael Dudamel seguraram a igualdade sem gols e lograram êxito na primeira fase do torneio nacional.

Apesar de uma folha salarial de R$ 100 mil reais e um elenco modestíssimo, o Campinense pressionou o Galo, deixando o torcedor atleticano inquieto com a partida da equipe.

O mau desempenho da equipe mineira ficou evidente em alguns números do duelo. Afinal, mesmo com uma porcentagem a mais de posse de bola, o alvinegro teve um desempenho inferior ao rival. No geral, o Campinense finalizou 23 vezes, contra apenas nove do Galo.

Contudo, o Atlético segurou o 0 a 0 e, por conta do regulamento oficial da, que concede ao time visitante e melhor colocado no ranking da CBF, passou à próxima fase da Copa do Brasil.

Agora, o Galo irá enfrentar o vencedor do confronto entre Afogados-PE e Atlético Acreano.

Próximos compromissos

O Atlético voltará a campo no próximo domingo (16), às 16h, contra a Caldense, em Poços de Caldas, pelo Campeonato Mineiro.

Ficha técnica – Campinense 0 x 0 Atlético

Motivo: Primeira fase da Copa do Brasil de 2020

Data e hora: Quarta-feira, 12 de fevereiro, às 21h30 (horário de Brasília)

Local: Estádio Amigão, Campina Grande – PB

Escalação do Campinense:Adilson, Vitão, Uesles, Alex Maranhão e Camargo; Peu, Gabriel Vieira (Rhuann), Allefe (Vinícius), Romário, Rafael Ibiapino (Zé Paulo) e Fábio Junior. Técnico: Oliveira Canindé.

Escalação do Atlético: Michael; Mailton, Igor Rabello, Réver e Fábio Santos; Jair (Allan) e Zé Welison;  Borrero (Nathan), Edinho (Marquinhos) e Hyoran; Franco Di Santo. Técnico: Rafael Dudamel.

Cartões amarelos: Uesles (Campinense); Igor Rabello e Zé Welison (Atlético)

Arbitragem:Antonio Dib Morais de Sousa (PI) apita a partida, com Rogério de Oliveira Braga (PI) e Janystony Rabelo de Melo (PI). Tiago Ramos (PB) é o quarto árbitro.

Veja também: Atlético oficializa venda do goleiro Cleiton para o RB Bragantino e engatilha reposição

Comentários do Facebook