Assembleia Legislativa lança edital para seleção de 40 apresentações artísticas

Assim como as demais atividades da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), as ações do Programa Assembleia Cultural terão novo formato durante a vigência do estado de calamidade pública, decorrente do coronavírus. O edital público para seleção de 40 apresentações artísticas, que acontecerão virtualmente, será publicado no Portal da Assembleia, nesta sexta-feira (15/5), e as inscrições ficarão abertas até o próximo dia 9 de junho. Assim, o Legislativo ajuda também a movimentar o setor cultural e cria novas oportunidades de trabalho e renda para artistas locais, além de levar um pouco de arte e alegria à casa dos mineiros.

O anúncio da ação que vai beneficiar o segmento cultural de Minas foi feito pelo presidente da Casa, deputado Agostinho Patrus (PV), nesta quinta-feira (14), por meio das redes sociais. Mesmo diante das recomendações de isolamento social feitas pelos órgãos de saúde, o Legislativo mineiro continua valorizando a cultura local e apoiando os artistas mineiros.

“O setor cultural está sendo seriamente prejudicado diante da crise imposta pela pandemia. Ampliar as condições para que os artistas mineiros tenham oportunidade de trabalho e renda, neste momento tão difícil, é uma preocupação dos deputados”, afirmou o presidente Agostinho Patrus.

Ajuda emergencial para artistas – Também na quinta-feira (14), durante Reunião Extraordinária, o Plenário da ALMG aprovou o Projeto de Lei (PL) 1.801/20, que autoriza o Executivo a prover renda mínima emergencial aos profissionais do setor cultural prejudicados pelo isolamento social, adotado para conter a pandemia da Covid-19.

Assembleia Cultural

Os parlamentares entendem que cultura e arte também são essenciais e podem ajudar a manter as pessoas conectadas e mais saudáveis durante o período de isolamento social. Para cumprir tais medidas, os espaços de cultura da Assembleia Legislativa foram fechados, já a programação artística presencial, do programa Assembleia Cultural, foi suspensa por tempo indeterminado.

Os editais atualmente em vigor – dos projetos Segunda Musical, Zás, Ocupações Galeria de Arte, Ocupações Teatro e Mineiranças – terão sua validade prorrogada até 2021. Os artistas não ficarão prejudicados. Todos os selecionados que tiveram suas apresentações canceladas poderão se apresentar nesses espaços, tão logo as condições sanitárias o permitam.

Comentários