Associação de Moradores de Ouro Preto participa de campanha contra a Dengue na cidade

por Davi Guimarães

Com o objetivo de conscientizar alunos e professores no combate ao mosquito transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya, a Federação das Associações de Moradores de Ouro Preto (FAMOP), em parceria com a Prefeitura de Ouro Preto, por meio das secretarias de Educação e de Saúde, vem realizando ações nas escolas do município para abordar medidas de mobilização no combate à Dengue.

Associação de Moradores de Ouro Preto participa de campanha contra a Dengue na cidade
Foto: Freepik / Reprodução

Leia também: Prefeitura de Ouro Preto adere a programa de energia solar por assinatura e população pode ter desconto de até 15% na conta de luz

Hoje (9), Minas Gerais ocupa o primeiro lugar no ranking com o maior número de casos da doença no país,sendo os dados de monitoramento de dengue da Secretaria de Estado de Saúde. De acordo com o levantamento, já são quase 1 milhão de casos no estado.

Muitas cidades do estado já realizam mutirões no combate à dengue

Por esse motivo, diversas escolas da rede municipal, estadual e privada vem recebendo a visita de agentes que visam palestrar e realizar atividades para estimular a prevenção da doença na comunidade. Primeiramente, as visitas acontecem nas áreas de maior incidência de casos, nos distritos e bairros de Ouro Preto.

A diretora da Escola Estadual de Antônio Pereira, Ciliete Rosa, ressaltou a importância da campanha no distrito, já que esta é uma das áreas mais afetadas pelo Aedes aegypti no município:

Antônio Pereira é o local que possui mais casos de pessoas infectadas com o vírus. Precisamos ir à luta, depende de cada um de nós esse combate

Ciliete Rosa, diretora da Escola Estadual Antônio Pereira
Para conscientizar e sensibilização alunos e professores no combate ao mosquito, estão sendo realizadas palestras e atividades que estimulam a prevenção da doença em nossa comunidade. Foto: Bernardo Marotta / PMOP

Aleçandra Maciel, professora de biologia do Colégio Arquidiocesana e Filhinha Melo, chefe do Departamento de Educação Ambiental de Ouro Preto também ressaltaram a importância dessas ações na conscientização do combate ao mosquito transmissor:

Essa é a ideia fantástica! Eles saíram da teoria e puderam ver de perto o causador da doença, tiraram do papel e trouxeram para o mundo real

Aleçandra Maciel

O objetivo da campanha é tornar cada estudante e professor um agente multiplicador da mensagem contra o hospedeiro.

Filhinha Melo

A ação de todos no combate ao Aedes aegypti é fundamental. É importante ressaltar a importância de eliminar os focos de água parada e tomar todos os cuidados para se previnir, como o uso de repelente. Em caso de suspeita de dengue, procure o hospital mais próximo.

Dengue em Ouro Preto: Confira os números

De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pela Prefeitura de Ouro Preto, divulgado na última sexta-feira (5), a cidade tem 3180 casos notificados, dentre eles 1473 foram positivos para dengue e 8 para chigungunya.

Confira os números do boletim epidemiológico das arboviroses em Ouro Preto. Arte: PMOP / Reprodução

Antônio Pereira é o local com o maior número de casos na cidade, com 926 casos. Em seguida vem Cachoeira do Campo, com 136 e Bauxita, com 59.

ARTIGOS RELACIONADOS

Logo Preta

Destaques

PARCEIROS