AtléticoCopa Sul-Americana

Atlético deixa vitória e vantagem escapar e confirma crise

O Atlético teve tudo para espantar a crise que ronda a cidade do Galo, na partida contra o Colón, da Argentina, disputada na noite desta quinta-feira (20). Mas mesmo tendo saído na frente, o time mineiro sofreu a virada e voltou para casa com uma derrota. A partida foi válida pelo jogo de ida das semifinais da Copa Sul-Americana.

Apesar da derrota, o placar desfavorável de 2 a 1 não foi de todo ruim para o Atlético. Pois bastará ao Galo um vitória simples no segundo jogo, que será realizado na próxima quinta-feira (26), no Mineirão. Em caso de empate ou de vitória atleticana por um gol de diferença, com o Colón conseguindo fazer dois gols ou mais, a classificação fica com os argentinos. Placar igual para o time alvinegro leva a decisão para os pênaltis.

O jogo

O primeiro tempo da partida foi de baixo nível técnico e pouco atrativo. O Atlético forçava bolas pelo alto, tentando buscar o grandalhão Franco Di Santo, mas sem muito sucesso. O Colón, por sua vez, tinha muito pouca criatividade e sofria para chegar até a área atleticana.

A partida seguiu morna até os 35 minutos, quando, num lance totalmente bizarro, o Atlético abriu o placar. Após roubar a bola na entrada da área, o jogador do Colón tentou afastar com um chutão. Mas Chará acompanhou o lance e a bola acabou o acertando e ido morrer de mansinho no canto do goleiro Leonardo Burián. Veja o lance:

Após sofrer o gol, o Colón acordou na partida e passou a finalizar, dando dois chutes antes do fim do intervalo. Mas ambas as finalizações não levaram perigo ao goleiro Cleiton.

Mas, o que até então se mostrava uma partida tranquila para o Galo, se tornou um jogo complicadíssimo. Após a volta do intervalo, o Colón voltou com outra cara e passou a pressionar o time mineiro, chegando a mandar uma bola na trave.

E o empate não demorou a aparecer. Aos 6 minutos da segunda etapa, após cobrança de escanteio e desvio de Escobar na primeira trave, Morelo se atirou na bola e empurrou para o gol vazio.

O gol animou os argentinos que passaram a atacar mais, enquanto o Galo deixava o tempo passar. Mas, aos 40 da etapa final, o time mineiro foi punido. Após cruzamento, Zuqui dominou na área e bateu rasteiro. A bola então encontrou o craque do time, Luis “Pulga” Rodríguez, que estufou as redes atleticanas. Placar final, Colón 2 a 1 no Atlético.

Veja os melhores momentos da partida abaixo:

A derrota foi a quarta seguida do Atlético. Contando apenas o Brasileirão, já são cinco jogos em que o Galo sai de campo derrotado. Os maus resultados escancaram uma crise técnica que obriga o time mineiro a reverter o placar no Mineirão, na próxima quinta-feira (26). Uma eventual eliminação praticamente terminaria com as aspirações atleticanas no ano.

COLÓN 2 X 1 ATLÉTICO

Colón-ARG: Leonardo Burián; Alex Vigo, Guillermo Ortiz, Emanuel Olivera e Gonzalo Escobar; Rodrigo Aliendro, Federico Lértora, Fernando Zuqui e Marcelo Estigarribia; Luis Rodríguez e Wilson Morelo. Técnico: Pablo Lavallén
Atlético: Cleiton; Patric, Réver, Igor Rabello e Fábio Santos; Zé Welison; Chará, Elias, Vinicius e Cazares (Otero, aos 21/2°T); Di Santo (Alerrandro, aos 27/2°). Técnico: Rodrigo Santana

Gols: Chará, aos 35/1°T (Atlético); Morelo, aos 6/2°T, Luis Rodríguez, aos 40/2ºT (Colón)

Cartões amarelos: Franco Di Santo, aos 15/1°T
Motivo: jogo de ida da semifinal da Copa Sul-Americana

Próximo jogos

Mas, antes da decisão da Copa Sul-Americana, o Galo volta a jogar pelo Brasileirão. A equipe mineira enfrenta o Avaí, fora de casa, na segunda-feira (23), às 20h. O time catarinense é o lanterna da competição, com apenas duas vitórias. Uma vitória pode fazer o Atlético, que ocupa atualmente a nona colocação, subir uma posição na tabela. Mas, por outro lado, uma derrota pode jogar o alvinegro para a 11ª colocação.

Deixe seu comentário

Etiquetas
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar