Atlético encontra esperanças em viradas histórias para eliminar Unión-ARG

Destaques

Mineirão projeta mensagens para profissionais de serviço essencial em sua fachada

O Mineirão tem projetado em sua fachada depoimentos para os trabalhadores de serviços essenciais que precisam ir às ruas...

Juiz de Fora registra primeira morte por coronavírus, além de 58 confirmações

A cidade de Juiz de Fora, na Zona da Mata, registou a sua primeira morte confirmada por conta do...

Live de Marília Mendonça já ultrapassa 3 milhões de visualizações, assista!

Marília Mendonça está realizando neste momento um "Show Live", da sala de sua casa. Com uma iluminação verde e...

Incêndio criminoso atinge uma casa em Tiradentes; veja fotos

Uma casa foi incendiada na manhã desta quarta-feira (8), por volta das 11h20, no bairro Recanto da Serra, em...

Em Ouro Branco, dois óbitos por coronavírus que estavam em investigação foram descartados

Após ter dois óbitos por coronavírus em investigação, a Prefeitura de Ouro Branco, por meio da Secretaria Municipal de...

Eu acredito! É nesse inesquecível mantra que a torcida do Atlético se apega para se classificar na Copa Sul-Americana, após perder o primeiro jogo por  3 a 0, para o Unión-ARG, fora de casa. Em situação complicada, o Galo precisará reviver os episódios imortais de sua história para reverter o confronto e seguir na busca pelo título continental.

Nas conquistas da Libertadores, Copa do Brasil e Copa Conmebol, o Galo protagonizou diversas remontadas.

Atlético 5 x 1 Fluminense – Copa Conmebol de 1992

Na ida do duelo, o alvinegro foi derrotado pelos tricolores por 2 a 1. Contudo, na volta, em pleno Mineirão, viu-se um massacre atleticano. Um sonoro 5 a 1, com dois gols de Moacir e Aílton, além de um de Vonei.

Atlético 2 x 0 El Nacional-EQU- Copa Conmebol de 1992

Mesma competição, mais uma virada. Desta vez após uma derrota por 1 a 0 em solo equatoriano. Em Minas Gerais, o Galo fez 2 a 0 com tentos de Aílton e um contra.

Atlético 2 x 0 Newell’s Old Boys – Copa Libertadores de 2013

Em jogo válido pela semifinal do torneio, o Atlético devolveu o placar do primeiro jogo, com gols de Bernard e Guilherme. Nas penalidades, Victor, mais uma vez, fez história e levou o time mineiro à final do continental.

Atlético 2 x Olímpia – Copa Libertadores de 2013

Para levantar o título mais importante de sua história, o Galo teve de repetir a história da semifinal. Com gols de Jô e Leonardo Silva, revidou o 2 a 0 e levou o jogo para os pênaltis, onde confirmou a conquista.

Atlético encontra esperanças em viradas histórias para eliminar Unión-ARG
Galo se sagrou campeão da Libertadores – Créditos da foto: Bruno Cantini

Atlético 4 x 1 Corinthians – Copa do Brasil de 2014

No ano seguinte, mais emoção. Nas quartas de final, o Atlético provou ser o time do impossível. Além de ter perdido a ida em solo paulista por 2 a 0, o Corinthians abriu o placar no Mineirão. Contudo, o alvinegro foi pra cima e virou o duelo para 4 a 1, com gols Luan, Edcarlos e Guilherme, em duas oportunidades.

Atlético 4 x 1 Flamengo – Copa Brasil de 2014

Com um roteiro idêntico ao confronto contra o Corinthians, o Galo do Eu Acredito levou sua torcida à loucura e se classificou à final da competição. Os tentos foram feitos por Maicosuel, Carlos, Dátolo e Luan.

Galo eliminou os cariocas na ocasião – Créditos da foto: Bruno Cantini/Atlético

Agora, a torcida atleticana espera que o time repita os feitos marcantes de sua história e saia classificado contra o Unión-ARG. E com certeza não faltarão gritos de “Eu acredito!”.

Veja também: Confira o perfil de Diego Tardelli, o novo camisa 9 do Atlético

RECEBA O NOSSO BOLETIM DE NOTÍCIAS DIARIAMENTE
Digite seu Nome:

Digite seu E-mail:


 

- Advertisement -

RECEBA O NOSSO BOLETIM DE NOTÍCIAS DIARIAMENTE
Digite seu Nome:

Digite seu E-mail: