Aulas da rede estadual voltam na segunda (18), via internet

A Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE-MG) anunciou que a ano letivo será retomado na próxima segunda-feira (18), com aulas remotas, via internet. A adoção do sistema visa reduzir o impacto da paralisação das aulas presenciais por causa da pandemia do novo coronavírus e evitar a transmissão do vírus, permitindo que os alunos continuem em isolamento social.

O anúncio do retorno foi feito ontem (12), por meio de um vídeo, onde a secretária de Estado de Educação, Julia Sant’Anna, falou sobre a medida. A secretária tratou de enfatizar que o governo sabe da importância das aulas presenciais e que estas são insubstituíveis, mas que esta é a melhor forma, no momento, de prosseguir com o aprendizado dos alunos. Veja o vídeo na íntegra abaixo:

A secretaria falou também sobre as ferramentas do programa de retorno que, segundo ela, foram pensadas para as diferentes realidades vividas na rede de educação mineira. Um exemplo dado foi o da primeira semana de aula que será de adaptação ao novo método de ensino, para professores e alunos.

“Essa próxima semana será uma semana muito tranquila, para que vocês, professores e alunos, possam ir se reaproximando das atividades escolares de forma serena e muito compreensiva a esse momento sensível e cuidadoso pelo qual todos nós estamos passando”, disse Julia Sant’Anna.

De acordo com a SEE, três ferramentas foram criadas para execução do programa, estando a primeira delas já disponível no site estudeemcasa.educacao.mg.gov.br, que será o portal oficial das aulas remotas. Essa ferramenta foi chamada de “Planos de Estudos Tutorados (PETs)”, que são apostilas com o conteúdo das disciplinas. A distribuição também será feita por meio do aplicativo de mensagens WhatsApp e via e-mail. Os alunos que não têm acesso a internet receberão o conteúdo impresso.

Ensino na TV

A partir da próxima segunda-feira (18), o canal televisivo Rede Minas irá transmitir, de segunda à sexta, no período da manhã, o programa “Se Liga na Educação”, que exibirá aulas de reforço nas matérias que os alunos sentem mais dificuldades. Além disso, uma hora do programa será ao vivo, permitindo que os alunos tirem suas dúvidas em tempo real, sendo esta a segunda ferramenta de ensino.

As aulas foram divididas em certas áreas de conhecimento para cada dia da semana. Veja:

  • Segunda-feira: Linguagens (Português, Inglês, Literatura, Artes e Educação Física)
  • Terça-feira: Ciências Humanas (História e Geografia)
  • Quarta-feira: Matemática
  • Quinta-feira: Ciências da Natureza (Biologia, Química e Física)
  • Sexta-feira: Programação específica voltada para os alunos que estão se preparando para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)

Segundo a SEE, a Rede Minas está presente em 186 municípios, dos 853 mineiros, e a expectativa é que o conteúdo alcance um milhão de alunos. Além disso, de acordo com a Diretoria Técnica da emissora, existem hoje no Brasil cerca de 20.000.000 de antenas parabólicas que podem receber o sinal da Rede Minas via satélite. Assinantes da Net e da Oi TV também têm o sinal da Rede Minas.

Aplicativo

Também estará disponível, nos próximos dias, a terceira ferramenta, um aplicativo chamado “Conexão Escola”. De acordo com a SES, “na plataforma, alunos e professores terão acesso aos PETs e ainda poderão encontrar as aulas já exibidas no programa ‘Se Liga na Educação’. O aplicativo está disponível na loja Google Play Store e, em breve, estará também na Apple Store”.

Além disso, alunos e professores não precisarão consumir seus dados móveis para navegar pelo aplicativo pois o estado custeará os gastos. A partir do dia 25 de maio, outra função será inserida no app, um chat que permitirá que alunos e professores interajam sobre o conteúdo da matéria. Mais informações podem ser encontradas no site estudeemcasa.educacao.mg.gov.br/conexaoescola.

Veja também: Inscrições para o Enem 2020 iniciam nesta segunda (11/05)

Comentários estão fechados.