Mais Minas
Portal de notícias de Minas Gerais

Aumenta para 41 o número de casos confirmados de sarampo, em Minas Gerais

O número de casos confirmados de sarampo em Minas Gerais, desde o início do ano, subiu para 41, de acordo com o Boletim Epidemiológico do Sarampo. As informações foram divulgadas nesta quarta-feira (9), pela Secretaria de Estado de Saúde (SES).

Quatro destes casos ocorreram no primeiro trimestre e a cadeia de transmissão foi contida. Entretanto, a partir de junho de 2019 o número de casos suspeitos aumentou, totalizando 1.420 notificações vindas de 215 municípios no estado. Destes, 733 (51,6%) foram descartados, 650 (45,8%) estão em investigação e 37 (2,6%) casos foram confirmados, sendo detectados novos casos e cadeias de transmissão.

Os quatro casos confirmados no primeiro trimestre foram de pessoas residentes das cidades de Belo Horizonte, Contagem e Betim. O primeiro caso aconteceu em Betim, proveniente de um italiano residente no município, com histórico de viagem recente à Croácia e à Itália, que foi diagnosticado com a doença.

Ainda segundo o boletim da Secretaria de Saúde, a faixa etária de 20 a 29 tem o maior número de casos da doença. Vale destacar que a capital mineira já registrou 11 casos confirmados da doença. Já Uberlândia registrou o segundo maior índice, com nove casos confirmados.

A maioria dos 37 casos confirmados a partir do mês de junho está relacionada à importação do vírus de doentes que estiveram no estado de São Paulo ou por contato direto com quatro doentes paulistas. A exceção deste tipo de vínculo foi para os casos das cidades de Betim, Ribeirão das Neves, Unaí, onde não foram identificadas as origens de contato dos doentes.

Sarampo

O sarampo é uma doença prevenível somente por vacinação. As vacinas são ofertadas em unidades públicas e privadas de vacinação. No SUS, as vacinas são gratuitas, seguras e estão disponíveis nas mais de quatro mil
salas de vacinação em postos de saúde em todo o estado de Minas Gerais.

A Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo começa nesta segunda-feira (7) em todos os postos de saúde do país. Ao todo, 60,2 milhões de doses da tríplice viral foram adquiridas para garantir o combate à doença nos municípios. Vacinar contra o sarampo é importante para evitar complicações como cegueira e infecções generalizadas, que podem levar a óbito.

Comentários do Facebook
Participe gratuitamente do nosso grupo de notícias no Telegram -> ENTRAR.
você pode gostar também