Barão de Cocais: obras na BR-381 podem trazer valores altos de pedágio

Por

As obras na BR-381, que liga Belo Horizonte a Governador Valadares, estão ganhando forma. No trecho entre Barão de Cocais e Bom Jesus do Amparo, há uma concentração de produção por parte da empresa Engesur para pavimentação da estrada. Com isso, e a duplicação das pistas, o Governo Federal propôs a instalação de praças para pedágio, mesmo antes das finalizações das construções.

Entretanto, os vereadores do município de Barão de Cocais não concordaram com a proposta. Após uma reunião realizada ontem (12), incluindo empresários e oito representantes das cidades da região, foi decidido que uma comissão dos membros da Câmara Municipal irão até Brasília, no ao Ministério da Infraestrutura, para buscar mais informações sobre o projeto de privatização da BR-381 e, também, defender que as praças de pedágio sejam autorizadas somente após a duplicação ser concluída.

Barão de Cocais: Obras na BR-381 podem trazer valores altos de pedágio

Crédito da foto: Divulgação/Facebook Nova 381

Mas o posicionamento dos empresários é contrário ao dos vereadores. Para eles, a rodovia deve ser privatizada o quanto antes, para que assim, a obra tenha segurança de conclusão.

As obras no lote 7 da BR-381 tiveram início em maio de 2014. O trecho abrange os municípios de Barão de Cocais, Bom Jesus do Amparo, Nova União e Caeté. Tendo extensão de 37,8 km.

Veja também: Barão de Cocais aguarda promessa de governador Zema há dois meses

O Pedágio

Segundo a proposta do Governo Federal, serão instaladas 11 praças para pedágio entre Belo Horizonte até a divisa com o Espírito Santo, com valores a partir de R$ 9,52 até R$ 13,70. Custo alto para o motorista, que irá pagar cerca de R$ 50 para uma viagem partindo da capital mineira até Governador Valadares.

As instalações dos pedágios na BR-381 seriam nas cidades mineiras: Barão de Cocais, Caeté, João Monlevade, Itabira, Belo Oriente e Periquito, e, na BR-262, em São Domingos do Prata e Manhuaçu, ainda em Minas. E nos municípios do Espírito Santo, na BR-262: Martins Soares, Ibatiba, Venda Nova dos Imigrantes e Viana.

Deixe seu comentário

Tags :

Postado em 13 de agosto de 2019