Barragem em Nova Lima entra em nível dois de emergência por causa das chuvas

Destaques

Mineirão projeta mensagens para profissionais de serviço essencial em sua fachada

O Mineirão tem projetado em sua fachada depoimentos para os trabalhadores de serviços essenciais que precisam ir às ruas...

Juiz de Fora registra primeira morte por coronavírus, além de 58 confirmações

A cidade de Juiz de Fora, na Zona da Mata, registou a sua primeira morte confirmada por conta do...

Live de Marília Mendonça já ultrapassa 3 milhões de visualizações, assista!

Marília Mendonça está realizando neste momento um "Show Live", da sala de sua casa. Com uma iluminação verde e...

Incêndio criminoso atinge uma casa em Tiradentes; veja fotos

Uma casa foi incendiada na manhã desta quarta-feira (8), por volta das 11h20, no bairro Recanto da Serra, em...

Em Ouro Branco, dois óbitos por coronavírus que estavam em investigação foram descartados

Após ter dois óbitos por coronavírus em investigação, a Prefeitura de Ouro Branco, por meio da Secretaria Municipal de...

Durante a noite de ontem, terça-feira (11), a barragem da Vale, Capitão do Mato, localizada em Nova Lima, Região Metropolitana de Belo Horizonte, entrou em alerta de nível dois por causa das chuvas.

De acordo com a empresa Vale, por causa do grande acúmulo de chuvas alguns instrumentos apresentaram alterações no nível de água. Apesar de já ter se normalizado a situação, a estrutura deve ficar em alerta até o fim das análises.

Os moradores da região já foram retirados de suas casas em novembro do ano passado. Além disso, de acordo com a Vale a barragem em questão é de contenção de sedimentos, construída em etapa única, com aterro convencional.

Entenda os níveis das barragens

Em nível 1 as mineradoras devem atuar para corrigir problemas estruturais e as famílias não precisam deixar suas casas. Já em nível 2, o protocolo segundo a Defesa Civil, exige um treinamento com os moradores para possíveis evacuações em caso de risco. Além disso, é necessário que se instale sirenes em caso de necessidade. O nível 3, altamente de risco é quando a ruptura está prestes a acontecer, ou está acontecendo, exigindo evacuaçaõ imediata.

Barragens em nível 2

Sul Inferior, da Vale, em Barão de Cocais

Forquilha II, da Vale, em Ouro Preto

Grupo, da Vale, em Ouro Preto

Barragem de rejeitos em Itatiaiuçu, da Arcelormittal

Reforço de segurança em barragens devido as chuvas

A Agência Nacional de Mineração (ANM) emitiu um alerta na última semana de janeiro para que as empresas com barragens aumentassem a segurança das mesmas. O alerta pedia para que fosse feito um monitoramento diário das estruturas por causa da chuva, além do reforço das equipes de segurança

“Em caso de qualquer situação de anormalidade, o Plano de Ação de Emergência para Barragens de Mineração (PAEBM)  deverá ser acionado e o SIGBM (Sistema Integrado de Gestão de Segurança de Barragens) tem que ser imediatamente informado”, alerta o gerente de Segurança de Barragens da ANM, Luiz Paniago.

Leia também: Ministério Público solicita que municípios aumentem segurança em relação a barragens

RECEBA O NOSSO BOLETIM DE NOTÍCIAS DIARIAMENTE
Digite seu Nome:

Digite seu E-mail:


 

- Advertisement -

RECEBA O NOSSO BOLETIM DE NOTÍCIAS DIARIAMENTE
Digite seu Nome:

Digite seu E-mail: