Agenda CulturalBelo HorizonteCulturaVirada Cultural

Bike Polo e Totó humano marcam os esportes alternativos da Virada Cultural

Crianças, jovens, adultos e idosos puderam fugir do sedentarismo e praticar modalidades incomuns

Minas Gerais é um estado com forte representatividade esportiva. no futebol, vôlei, natação, esportes radicais, artes marciais e demais Categorias, o estado sempre está entre os melhores do país. Mas se você acha que Minas só é forte nos esportes tradicionais, está muito enganado e a Virada Cultural está aí para mostrar isso.

Apesar de ser muito conhecida pelas atrações musicais e performáticas, a Virada abre espaço também para os esportes. E entre as mais curiosas atrações esportivas do evento estão o Bike Polo e o Totó Humano.

Bike Polo e Totó humano marcam os esportes alternativos da Virada
Bike Polo chamou atenção nas ruas de BH – Crédito da foto: Maic Costa/Mais Minas

Bike Polo

O esporte é uma modalidade do tradicional Polo, só que ao invés de montarem cavalos, os competidores disputam sobre bicicletas. O objetivo do jogo é, com um bastão, conduzir uma bolinha e acertar ela nos gols, que são defendidos por goleiros, também montados em bikes.

O Mais Minas conversou com o Gabé, um dos atletas da competição, que falou sobre a modalidade peculiar.

“Bike Polo é um esporte muito massa, que mistura a bicicleta com as pessoas que estão passando na rua, especialmente aqui na Virada Cultural e está aberto para todo mundo poder conhecer, experimentar, tentar jogar”, falou o atleta.

Bike Polo e Totó humano marcam os esportes alternativos da Virada Cultural
Jogador comemora gol – Crédito da foto: Maic Costa/Mais Minas

E quando questionado sobre o perigo das quedas, Gabé foi otimista.

“Cair é normal, é só levantar e sair jogando. Todo mundo cai, todo mundo levanta e segue jogando. O perigo é não jogar e perder a oportunidade”< finalizou.

A reportagem falou também com a Nayara Campos, organizadora do evento, que falou da satisfação de trazer o Open Bike Polo para virada cultural.

“É muito satisfatório, até porque a gente montou essa quadra, a gente teve o incentivo da Virada e a gente treina já fazem cinco, seis anos e pra gente estar na Virada, no meio da (Avenida) Afonso Pena é um momento histórico pro Polo de Belo Horizonte”, falou Nayara.

Bike Polo e Totó humano marcam os esportes alternativos da Virada Cultural
Nayara é uma das organizadoras do evento – Crédito da foto: Maic Costa/Mais Minas

Totó Humano

Outra divertida atividade da Virada Cultural foi o Totó Humano. Como no famoso jogo de bar, os jogadores só podem se movimentar lateralmente para alcançar a bola. A diferença é que no esporte alternativo, pessoas reais assumem o papel dos jogadores, ficando amarrados pelas mãos em tubos de PVC. 

A modalidade é garantia de boas risadas e de muitos (nem tantos assim) gols. Pessoas de todas as idades, crianças até mesmo idosos, participaram da brincadeira.

Bike Polo e Totó humano marcam os esportes alternativos da Virada
Totó humano fez a alegria da galera de todas as idades – Crédito da foto: Maic Costa/Mais Minas

*Reportagem de Maic Costa e Rômulo Giacomin

Você também pode gostar de:

Deixe seu comentário

Etiquetas
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar