Ultimate magazine theme for WordPress.

Em entrevista exclusiva, bloco “Funk You” conta sobre as novidades para o carnaval de Belo Horizonte

Você já pensou em ouvir os ritmos do funk tocados com bateria de escola de samba? Essa é a proposta que o bloco “Funk You” traz para o carnaval de Belo Horizonte. Misturando o funk batidão, o dance house e o pop, músicas de Anitta, Mc Marcinho, Dennis Dj, Mr. Catra e vários outros nomes do gênero agitam o carnaval da capital mineira.

Fundado em dezembro de 2016, o “Funk You” vem crescendo cada vez mais, além de agitar os foliões com a proposta inovadora. Afinal, quase todo brasileiro gosta de carnaval, de batuque e funk, por isso, nada como juntar os três! Para o carnaval de 2020 essa junção vem com várias novidades. Em entrevista ao portal Mais Minas, Lucas Moraes, idealizador do Funk You, conta um pouco mais sobre as novidades que o bloco vem trazendo e sobre a sensação de fazer parte dessa mistura de ritmos.

Com a ideia percussiva trazida de uma escola de samba do Rio de Janeiro, Lucas, “folião de carteirinha”, como ele mesmo se denomina, juntou os diferentes ritmos e criou o “Funk You”, trazendo pela primeira vez, um bloco com músicas de funk. “Por mais que o carnaval seja uma festa muito marcada por axé, de 2000 para cá o funk domina e é um ritmo contagiante”, explica.

Bloco "Funk You" conta sobre as novidades para o carnaval de Belo Horizonte
Público lotou as ruas de BH no “Funk You” de 2019 – Crédito da foto: Maic Costa/Mais Minas

As novidades trazidas pelo bloco

Completando quatro anos no cenário de folia na capital mineira, o bloco vem com muitas novidades para o ano de 2020. A primeira delas é a mudança da data do cortejo, que passa da segunda-feira de carnaval, para a terça-feira, que nesse ano, acontece no dia 25 de fevereiro.

Além da data, o local de concentração também está em novo endereço. Começando o cortejo em frente a Igreja São José, na Avenida Afonso Pena, o “Funk You” passará pela Praça Sete, indo em direção a Praça da Estação, onde será seu ponto final. 

Nós vamos passar por três importantes marcos da cidade, que com certeza vai fazer o desfile ser ainda mais especial. Essa mudança de local não foi só uma mudança turística vamos dizer assim, mas também uma mudança por segurança, a pedido do Corpo de Bombeiros e da prefeitura de Belo Horizonte”, explica o idealizador do bloco. 

O apelo por mais segurança vem também do aumento de foliões que passaram a acompanhar o cortejo. No ano de 2019, o “Funk You” teve o maior número de pessoas por metro quadrado da cidade, de acordo com o Corpo de Bombeiros. E assim Lucas Moraes complementa, “É necessário a gente mudar para um lugar mais amplo, visando a segurança dos nossos foliões e acompanhando o crescimento natural do bloco”.

Além das mudanças de data e local, esse ano o bloco sai sem bateria de chão. Lucas explica que, “não vão ter pessoas tocando instrumentos lá na avenida. Nós vamos sair com a nossa bateria show, que são aproximadamente 10 ritmistas tocando os instrumentos da escola de samba, mas todos em cima do trio junto com os músicos da harmonia, baixo, guitarra, teclado e as vozes”.

E como não tem bateria no chão, quem fica responsável pelo show na avenida, são os dançarinos que se inscreveram para a ala de dança do bloco. A ala terá cerca de 45 pessoas dançando os passinhos do funk na frente do trio. “Estamos levando muitas novidades esse ano e esperamos um desfile épico”, cita Lucas. 

O repertório do “Funk You”

Pode apostar, o repertório do “Funk You” é 100% dedicado ao funk nacional, entretanto, há diversas misturas rítmicas. “A gente aproveita toda nossa brasilidade e todos nossos instrumentos de escola de samba para tocar samba, reggae, axé, pagode baiano, tudo com repertório de funk”, explica o idealizador. 

E quando dizem que é 100% dedicado ao funk nacional, quer dizer que realmente passa por todas as vertentes e todas as épocas desde o início do gênero musical. Funk batidão, funk charme, dance house, funk pop e até o atual 150bpm, que vem fazendo sucesso. Lucas afirma ainda que “A gente toca, respeita e homenageia todas as épocas e todos os estilos de funk. O carnaval é para todo mundo”. 

O amor pelo carnaval

As novidades e o crescimento do bloco vem também do grande amor pelo carnaval que os participantes dele, e principalmente o idealizador, carregam.

Lucas Moraes conta que quem reergueu o carnaval de rua de Belo Horizonte foi a população e que o poder público vem contribuindo para que a festa seja cada vez melhor a cada ano que passa.

“Fazer parte disso é muito bacana. Eu sempre fui um folião, sempre participei muito de carnaval e ajudar a construir essa festa aqui na cidade é muito gratificante (…) Muitos blocos vão criando amizade e você faz amizades bacanas. Além de repercutir culturalmente o nome de Belo Horizonte para o Brasil e para o mundo”, declara.

Veja também: Bloco Garotas Solteiras homenageia cantora Elza Soares durante carnaval de BH

Resistência e representatividade: Bloco Garotas Solteiras homenageia cantora Elza Soares durante carnaval de BH

Comentários do Facebook