Carro usado por suspeito de feminicídio bate de frente com caminhão na BR-040, em Itabirito

por Rômulo Soares

Um homem morreu após bater o carro de frente com um caminhão na BR-040, em Itabirito, na noite de domingo, 27 de março. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista que veio a óbito entrou na contramão e provocou o acidente. Os dois veículos pegaram fogo e o condutor do caminhão foi socorrido. A identidade da vítima fatal ainda não foi confirmada.

Carro usado por suspeito de feminicídio bate de frente com caminhão na BR-040, em Itabirito
Foto: Google Street View

O carro é um Toyota Etios, com a placa OWZ-3638, que é a mesma indicada por um boletim de ocorrência feito por um feminicídio ocorrido no bairro Carlos Prates, na Região Noroeste de Belo Horizonte, na noite do mesmo domingo do acidente.

No B.O consta que as câmeras de segurança do prédio onde o crime aconteceu mostram o suspeito fugindo do local com o carro da mulher, que é o mesmo veículo que se envolveu no acidente na BR-040. Porém, ainda não se sabe se o motorista que morreu na ocorrência era o suspeito do crime.

Segundo a Polícia Civil, o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal Dr. André Roquette (IMLAR), em Belo Horizonte, onde será submetido a exames de identificação.

O crime

De acordo com a Polícia Militar, o suspeito, de 41 anos, e a mulher, de 39 anos, estavam se divorciando. Os dois já viviam em casas separadas, mas o suspeito não aceitava o fim do relacionamento.

Segundo o boletim de ocorrência, na noite de domingo, o homem foi até a casa da ex-companheira e a esfaqueou até a morte. Os filhos do casal, de 4 e 6 anos, estavam dormindo no momento do crime. Ainda de acordo com o B.O, depois de matar a ex-mulher, o suspeito ligou para um parente da vítima, confessou o crime e pediu que ele buscasse as crianças.

O acidente

O acidente aconteceu por volta das 23h10, na altura do km 576 na BR-040, em Itabirito, cerca de uma hora depois do feminicídio.

De acordo com informações da Via 040, que administra a rodovia, a pista no sentido Brasília chegou a ficar completamente interditada, perto do acesso ao Condomínio Aconchego da Serra. Segundo a PRF informou, o congestionamento durou até a 1h30 de segunda-feira (28), quando a pista foi liberada.

ARTIGOS RELACIONADOS

Logo Preta

Destaques

PARCEIROS