Agenda Cultural MGBelo HorizonteCulturaVirada Cultural

Ciclistas marcam a abertura da Virada Cultural nas ruas do centro de BH

Criado em 2014, o Bloco da Bicicletinha, que já é tradicional no Carnaval, invadiu também as ruas do centro da capital mineira, na Virada Cultural. O cortejo sob duas rodas não motorizadas aconteceu neste sábado (20).  Dezenas de pessoas se reuniram em um evento democrático e saudável.

Durante o Carnaval, os foliões que compõe o Bloco da Bicicletinha saem fantasiados com suas bicicletas pelas ruas. E na Virada Cultural não foi diferente.

As lanternas, luzes neon e demais enfeites deram toques mais que especiais aos veículos, deixando as ruas de Belo Horizonte ainda mais bonitas.

Nosso repórter, Rômulo Giacomin, falou com a Lua, uma das organizadoras do evento.

  Mariana-MG: Rua Direita será palco de shows e feiras de artesanato e sabores

Com o slogan: “Vem de Bici pra Virada!”, o bloco se concentrou às 16h20 no bairro Pompéia. Às 18 horas, saíram todos juntos sentido a rua Teixeira Soares, localizada na Villa, onde realizaram um ato contra a ação de despejo das famílias que ali vivem. Em seguida, os ciclistas seguiram rumo a segunda concentração, às 19 horas, desta vez no Viaduto Santa Tereza. E por fim, pedalaram até o Velódromo Raul Soares, de onde o grupo se dispersou e foi curtir outras atrações que fazem parte da Virada Cultural.

Conversamos também como o Pedro, um dos participantes do bloco.

Pets recebem atenção especial neste sábado na Virada Cultural de BH

  "Como pensar o futuro se o presente está comprometido?" diz reitora da UFMG

Planetário e karaokê levam público às estrelas na Virada Cultural

Fechar