Take a fresh look at your lifestyle.

Coisas Que Seus Colegas e Seu Chefe Não Precisam Saber

Tem Coisas Que Seus Colegas e Seu Chefe Não Precisam Saber. Manter um diálogo e conversar com os colegas de trabalho é fundamental para garantir uma harmonia e entrosamento. Porém é preciso ter bom senso para definir o limite do assunto profissional e pessoal.

“Revelar as coisas erradas pode ter um efeito devastador sobre a sua carreira”, diz o psicólogo norte-americano Travis Bradberry em artigo no LinkedIn. “Você precisa ter um limite e tomar cuidado para não atravessá-lo, porque, uma vez feito isso, não tem como voltar atrás”.

A inteligência emocional e o bom senso são grande aliados na hora de definir o que você pode falar e o que deve guardar para si mesmo.

Via de regra, diz Bradberry, estas são 7 informações que ninguém deveria revelar sobre si mesmo no trabalho (Coisas Que Seus Colegas e Seu Chefe Não Precisam Saber):

Coisas Que Seus Colegas e Seu Chefe Não Precisam Saber
Foto: Dr. House de boca fechada (Site Verdade Mundial)
  1. Suas crenças políticas. Cada um de nós é livre para votar em quem quiser. Mas no local de trabalho devemos evitar estes assuntos pois eles podem fazer com quem pessoas se sintam ofendidas ao defendermos nossas crenças políticas. Se o assunto aparecer, escute e fique na sua. Afinal, sua opinião não precisa ir para a vitrine, né?
  2. Quem você acha incompetente na equipe: além de ser delegante, pode parecer que você está tentando puxar o tapete do seu colega por pura insegurança. Se você não tem o poder de demitir aquela pessoa, ou fazer com que ela melhore a sua entrega, é melhor se calar.
  3. Seu salário: o que você ganha falando sobre isso? Se está feliz, fique quieto. Se não está, pergunte seu chefe o que você precisa fazer para ganhar mais. Se não tiver jeito, arrume outro emprego. Gente resmungona ou que arrota orgulho sempre é vista como gente chata.
  4. O fato de que você odeia o seu emprego. Se você não quer ser substituído por alguém mais “bem-humorado”, é melhor conter as suas queixas e discretamente buscar emprego em outro lugar.
  5. Sua vida sexual. A menos que você trabalhe num bordel, é melhor guardar silêncio sobre isso, pois pode ferir sua reputação de forma irreversível. O mesmo vale para a vida sexual dos colegas e seus cônjuges.
  6. Histórias malucas sobre a sua juventude: o seu passado diz muito sobre quem você é.
  7. Seus planos de mudar de emprego. Se você vai embora, não tem porque investir mais em sua carreira. Então, é melhor ser discreto e trabalhar em silêncio sobre este assunto.

Reflita sobre cada uma das situações acima e pense 10 vezes antes de sair comentando estes assuntos com a chefia ou seus colegas de trabalho. “Palavra é de prata, mas o silêncio é de ouro.”

Autora: Heliene Margareth Silva Vieira, sócia da HVH Consultoria Empresarial

Close