Mais Minas
Portal de notícias de Minas Gerais

Conselheiro Lafaiete tem primeiro caso suspeito de coronavírus

Após a divulgação do boletim epidemiológico atualizado nesta sexta-feira (6), pela Secretaria de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), Conselheiro Lafaiete tem seu primeiro caso suspeito de coronavírus. Até então, a cidade localizada no Alto Paraopeba, região central do estado, não havia tido nenhuma notificação, mas surgiu o primeiro registro hoje.

Recentemente, com o surto do coronavírus, houve uma corrida pelas farmácias e depósitos de materiais de primeiros socorros em Conselheiro Lafaiete, causando no esgotamento de máscaras e álcool em gel na cidade.

No estado, nenhum caso foi confirmado até o momento. Na cidade de Ouro Preto mais uma notificação de investigação foi registrado, porém, o seu primeiro caso suspeito da doença já foi descartado.

Assim como em Conselheiro Lafaiete houve o primeiro caso em investigação registrado no boletim epidemiológico mais recente, assim como em Córrego Fundo, Itabira, João Monlevade, Nova União, Patos de Minas, São Gotardo e São Sebastião do Paraíso.

[pdf-embedder url=”https://maisminas.org/wp-content/uploads/2020/03/Novo_Boletim_Coronavírus_06-03-1.pdf” title=”Novo_Boletim_Coronavírus_06-03 (1)”]

Durante o período entre a última terça-feira (3) até esta sexta, tiveram 65 casos em investigação registrados. Em Belo Horizonte foram notificados 24 casos, somando no total de 51 casos em investigação e sete já foram descartados. Na Região Metropolitana de Belo Horizonte, Betim teve mais um caso e agora são dois em investigação, Contagem teve mais cinco notificações e já tem nove casos no total, em Nova Lima surgiram seis casos e em Sabará houve seu primeiro caso a ser investigado.

Em Conselheiro Lafaiete houve o primeiro caso em investigação registrado no boletim epidemiológico mais recente, assim como em Córrego Fundo, Itabira, João Monlevade, Nova União, Patos de Minas, São Gotardo e São Sebastião do Paraíso.

Já em Ipatinga o número de casos suspeitos de coronavírus subiu de um para cinco ao longo da semana, Juiz de Fora subiu para três, em Formiga surgiram dois e em Uberlândia são 11 casos em investigação e três já descartados.

Montes Claros, Uberaba e Viçosa tinham um caso em investigação, mas foram descartados.

Comentários do Facebook
você pode gostar também