Mais Minas
Portal de notícias de Minas Gerais

Coronavírus: ArcelorMittal decide paralisar Alto-Forno 3, no ES

Nesta segunda-feira (30), a ArcelorMittal atualizou o seu informe de medidas que estão sendo adotadas pela empresa a fim de amenizar o impacto da transmissão do novo coronavírus. Em nota publicada em seu site oficial, foi informado que no segmento de aços planos, a empresa decidiu pela parada, em até 45 dias, das atividades do Alto-Forno 3 na unidade de Tubarão (ES).  Contudo, a empresa reira que o atendimento aos clientes continuará normal, por meio do estoque e abastecimento dentro das necessidades e demanda.

Já em Minas Gerais, nas unidade de João Monlevade, na Mina do Andrade e em algumas unidades florestais (MG), ArcelorMittal continuará sua produção em ritmo normal.

Segundo a empresa, todas as ações têm foco em garantir a saúde e a segurança dos empregados e terceiros e, ao mesmo tempo, assegurar a sustentabilidade do negócio – essencial na cadeia de produção de insumos críticos para a indústria que contribui diretamente no combate ao Coronavírus.

Confira a íntegra da nota:

ArcelorMittal Brasil faz adequações em sua produção devido ao Coronavírus

Em decorrência dos graves impactos causados pela crise relacionada ao Coronavírus, a ArcelorMittal Brasil fará adequações em sua produção. No segmento de aços longos, a empresa reduzirá temporariamente a produção em algumas unidades industriais em abril. A unidade de João Monlevade, a Mina do Andrade e algumas unidades florestais (MG) permanecerão produzindo em ritmo normal. Já no segmento de aços planos, a empresa decidiu pela parada, em até 45 dias, das atividades do Alto-Forno 3 na unidade de Tubarão (ES).

O atendimento aos clientes continuará normal, por meio do estoque e abastecimento dentro das necessidades e demanda.

Desde o início do surto, as unidades da ArcelorMittal em todo o mundo vêm adotando uma série de ações alinhadas às orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Poder Público, visando apoiar na prevenção da disseminação do vírus e na redução dos riscos de transmissão da doença, dentro e fora da empresa.

Dentre as medidas preventivas adotadas estão a suspensão de eventos externos, internos e atividades com grande aglomeração de pessoas; cancelamento de todas as viagens a trabalho, cancelamento de reuniões presenciais e realização de reuniões virtuais; regra de distância mínima interpessoal de 1,5m em todos os ambientes; orientação de afastamento social no âmbito pessoal também recomendado; a intensificação dos procedimentos de limpeza e higienização e a promoção de amplas campanhas internas orientativas. A empresa também adotou, nos últimos dias, o trabalho remoto para a maioria das funções administrativas como forma de diminuir o volume de circulação de pessoas em suas dependências.

Todas as ações têm foco em garantir a saúde e a segurança dos empregados e terceiros e, ao mesmo tempo, assegurar a sustentabilidade do negócio – essencial na cadeia de produção de insumos críticos para a indústria que contribui diretamente no combate ao Coronavírus. A empresa está confiante de que as medidas preventivas adotadas coletivamente pelo poder público, setor privado e sociedade irão contribuir para a contenção da pandemia, possibilitando a superação desta crise inédita que afeta todo o mundo.

Comentários do Facebook
você pode gostar também