O que você procura?


Mariana avança para Onda Verde e libera eventos sem limite de capacidade para lugares abertos

De acordo com a Prefeitura Municipal, a determinação de avançar no programa Minas Consciente se deu por conta da melhora no cenário epidemiológico de Mariana, consequência das medidas restritivas adotadas e o avanço na imunização da população.

Rômulo Soares 27 de agosto de 2021 às 17:22
Tempo de leitura
2 min
Foto: Mais Minas
Foto: Mais Minas

A Prefeitura de Mariana publicou o decreto Nº 10.630, que coloca a cidade na Onda Verde do plano Minas Consciente, além de instituir um protocolo municipal para a realização de eventos com a nova classificação. Na microrregião dos Inconfidentes, apenas a cidade Primaz do Estado ainda estava na Onda Amarela.

De acordo com a Prefeitura Municipal, a determinação de avançar no programa Minas Consciente se deu por conta da melhora no cenário epidemiológico de Mariana, consequência das medidas restritivas adotadas e o avanço na imunização da população. O Decreto também vale para toda a zona urbana e rural do município, abrangendo áreas públicas e privadas.

LEIA TAMBÉM:  Brasil alcança menor taxa de transmissão da Covid-19, aponta estudo

O protocolo para a realização de eventos durante a Onda Verde define regras como:

  • Duração máxima de 12 horas; respeito à lotação máxima na ocupação de espaços (50% da capacidade para lugares abertos e sem limite para ambientes abertos);
  • Fluxo de entrada com o distanciamento mínimo de 1,5 metros;
  • Espaçamento entre as mesas de 1,5 metros entre cada mesa;
  • Exibição de campanhas publicitárias nas redes sociais do evento, antes e durante o mesmo, abordando as prevenções contra o COVID-19;
  • Uso de máscara, álcool em gel e aferição de temperatura na entrada do evento. 

Ainda de acordo com o Decreto, o descumprimento das normas do protocolo poderá acarretar em consequências como apreensão, interdição do evento e do estabelecimento, cassação do alvará, responsabilização civil e penal.

LEIA TAMBÉM:  Vacinação de adolescentes de 14 a 17 anos contra a Covid-19 tem grande procura em Mariana e continuará na próxima semana

Segundo o Boletim Epidemiológico mais recente disponibilizado pela Prefeitura de Mariana na última quinta-feira, 26 de agosto, dos 9.762 casos confirmados de Covid-19 na cidade, 96 morreram, 9.529 foram recuperados e 137 estão em recuperação (oito pacientes estão internados). Em 24h, 17 novos casos da doença surgiram, de acordo com o Informe.

Conforme consta nos dados da Secretaria de Estado de Saúde, 35.905 pessoas em Mariana receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19 (58,8%). 11.960 imunizantes de segunda dose foram aplicadas e 1.648 vacinas de dose única foram aplicadas – 22,29% da população da cidade está completamente imunizada contra o novo coronavírus.

Última atualização em 27 de agosto de 2021 às 17:26