O que você procura?

APAE de Ouro Branco tem contas hackeadas e mais de R$ 170 mil são roubados

Um Boletim de Ocorrência foi registrado na Polícia Militar (PMMG) e a Polícia Civil (PCMG) já investiga o caso em busca dos responsáveis.
Rômulo Soares 9 de dezembro de 2021 às 11:00
Tempo de leitura
1 min
Foto: Google Street View
Foto: Google Street View

A Prefeitura de Ouro Branco divulgou no fim da tarde dessa quarta-feira, 8 de dezembro, que a APAE da cidade teve quatro contas bancárias hackeadas e foram subtraídos o total de R$ 171.977,50, que são referentes à duas emendas parlamentares, de iniciativa privada e convênio com o poder público.

Um Boletim de Ocorrência foi registrado na Polícia Militar (PMMG) e a Polícia Civil (PCMG) já investiga o caso em busca dos responsáveis. A Prefeitura de Ouro Branco também informou que uma equipe de advogados voluntários será mobilizada para que as medidas nos âmbitos civil e penal sejam tomadas.


“A equipe da APAE Ouro Branco está abalada com o ocorrido, mas seguirá lutando pela qualidade nos serviços oferecidos às pessoas com deficiência. Os atendimentos não irão paralisar e contamos com a ajuda de toda comunidade para continuarmos existindo”, diz o comunicado divulgado pela prefeitura.

A equipe da APAE se coloca à disposição para dúvidas e informações através dos números (31) 4742-3067 ou (31) 9 9780-9042.

ATENÇÃO: Ao copiar uma matéria do Mais Minas, ou parte dela, não se esqueça de incluir o link para a notícia original.