O que você procura?


Vereador de Carandaí é preso por agredir ex-mulher

Segundo relatos da vítima, eles estavam juntos há oito anos e as agressões teriam iniciado quando ela quis terminar o relacionamento.

Rômulo Soares 1 de setembro de 2021 às 15:06
Tempo de leitura
2 min
Foto: Câmara de Carandaí
Foto: Câmara de Carandaí

O vereador de Carandaí, Felipe Costa Franco Vieira (Patriota), mais conhecido como “Felipe Kiko”, de 32 anos, foi preso na manhã dessa terça-feira (31), após ter sido denunciado por agressão à sua ex-mulher. Ele foi encaminhado para a delegacia de Conselheiro Lafaiete.

De acordo com a Polícia Militar (PMMG), os ataques aconteceram na manhã da mesma terça no apartamento do casal, localizado no centro de Carandaí. Segundo relatos da vítima, eles estavam juntos há oito anos e as agressões teriam iniciado quando ela quis terminar o relacionamento.

Ela disse aos policiais que ele pegou seu celular “de forma bruta” e depois a imobilizou com um “mata leão” e a empurrou contra a parede. Ainda segundo a mulher, essa não foi a primeira vez que a mesma foi agredida pelo vereador.

LEIA TAMBÉM:  Vereador de Carandaí nega agressão à ex-mulher após ser preso

Ao chegarem no local, os policiais ouviram gritos da mulher e vizinhos disseram que as brigas entre o casal eram constantes e, portanto, os mesmos acionaram a polícia, após ouvir pedidos de socorro da mulher. Na hora da confusão, estavam presentes a babá do filho dos dois, o irmão e o pai da vítima. De acordo com os militares, o pai e o irmão da mulher tentaram agredir o suspeito.

A mulher e seu irmão foram encaminhados ao Hospital Municipal para exame de corpo de delito, enquanto o vereador foi preso em flagrante e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Conselheiro Lafaiete.