Ultimate magazine theme for WordPress.

Cruzeiro lança Sócio “Reconstrução”

Modalidade tem como objetivo ser um meio de ajuda do torcedor ao clube

Torcida e clube buscam, juntos, a reconstrução do Cruzeiro - Créditos da foto:: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Afundado em dívidas e sem expectativas de receitas, o clube celeste tenta criar mecanismos de renda. Desta forma, o Sócio Reconstrução aparece como válvula de escape financeira. Custando apenas R$ 12, a modalidade mira a popularização em todas as classes sociais, a fim de reconstruir o Cruzeiro.

Além do baixo valor, outra novidade é que será possível mais de uma adesão por CPF. Ou seja, se uma pessoa quiser, poderá fazer diversas contas da modalidade.

Ao Superesportes, Júlio Reis, consultor do Cruzeiro e uma das cabeças à frente do projeto, disse que a expectativa é de 100 mil adesões logo no dia de estreia do programa, que acontece nesta sexta-feira (17).

Sendo assim, o clube conseguiria um rendimento mensal de R$ 1,2 milhão, o que equivale a R$ 14,4 milhões durante o período de um ano.

Meios e formas de adesão

O torcedor que tiver interesse em aderir à nova modalidade poderá o fazer pela internet, o endereço virtual ainda não foi definido. Além disso, inicialmente, o plano será lançado no cartão de crédito, em 12x sem juros. Boletos e cobranças recorrentes, futuramente, serão disponibilizados.

Ademais, todas as adesões serão mostradas no portal da transparência, como maneira de deixar a Nação Azul a par do que acontece.

Campanha nas redes sociais

A torcida estreladas está empenhada em divulgar o Sócio “Reconstrução”. Por meio do Twitter, diversos cruzeirenses se apropriaram do meme estrelado por Thiago Neves e Zezé Perrella, o conhecido “Fala, Zezé”, como modo de expansão do plano.

Os principais alvos dos torcedores são famosos que torcem para o Cruzeiro, como Gusttavo Lima, Lucas Lucco e Padre Fábio de Melo.

Leia mais: Especial Campeonato Mineiro 2020: Boa Esporte, o clube polêmico de Varginha

 

Comentários do Facebook