Brasileirão 2019Campeonato BrasileiroCorinthiansCruzeiroEsporteFutebol

Cruzeiro mostra evolução, mas continua a falhar nas finalizações

Equipe celeste conseguiu criar boas jogadas, mas não resultaram em gols

O Cruzeiro acumulou mais um jogo sem vitória no empate em 0 a 0 contra o Corinthians. Agora, são oito partidas seguidas na temporada em que a equipe celeste não consegue vencer. Apesar do resultado, o time vem mostrando uma evolução. Mas, no jogo de ontem (08), o Cruzeiro deixou a mostra um dos seus maiores problemas: concluir as finalizações em gols.

Ao todo, o Cruzeiro finalizou 23 vezes em 94 minutos. Porém, parou nos próprios erros e no goleiro Walter. O primeiro tempo foi lento e equilibrado, a Raposa pouco criou e não surpreendeu o time adversário. Apesar do número alto de finalizações, nem todas levavam real perigo. A equipe mineira apostava nos chutes de fora da área, que  não davam muito trabalho para a boa defesa do Corinthians.

No segundo tempo, o Cruzeiro voltou com mais fome de bola. Mas, mais uma vez, falhava na hora de concluir as jogadas, Robinho e Sassá disperdiçaram as chances que tiveram. Além dos erros, a Raposa também contou com o “azar” a seu favor. Como no lance de Dodô, que chutou bonito, de pé canhoto, mas viu a bola parar na trave. Dessa forma, o torcedor que foi ao Mineirão ontem, deixou o estádio com o grito de gol engasgado na garganta.

Destaque – Walter

O Corinthians também não levou muito perigo ao Cruzeiro, por outro lado, a equipe se detacou pelo seu bom sistema defensivo. O goleiro Walter mostrou sua importânica para o time no jogo de ontem. Ele fez pelo menos cinco boas defesas que impediram a vitória cruzereinse.

Com o resultado do jogo contra o Cruzeiro, o goleiro soma seis partidas sem levar gols. Apesar dos bons resultados, a diretoria conrinthiana anunciou que não pretende renovar o contrato com o jogador.

Agenda

O próximo confronto do Cruzeiro será na quarta-feira (12), às 21h, contra o Fortaleza, no Ceará.

Facebook Comments

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios