Com a derrota diante do São Paulo quinta-feira (2) no Morumbi e o tropeço em casa contra o Internacional, o Cruzeiro se complicou na tabela do Brasileirão e precisa torcer para uma vitória do Botafogo na partida diante do Vasco nesta segunda (6), para não passar a 32ª rodada na zona de rebaixamento. Em caso de vitória cruzmaltina, o Cruzeiro perderia mais uma posição e cairia para a décima sétima colocação, a frente apenas de Goiás, Coritiba e América-MG.

Mesmo com um jogo a menos, a situação do Cruzeiro é delicada e a equipe comandada por Zé Ricardo vai precisar melhorar o rendimento nos próximos jogos se quiser se afastar da zona da confusão. A partir do próximo sábado, a equipe celeste terá 3 confrontos diretos que podem decidir a real briga do clube ao fim da temporada. Confira a lista dos próximos jogos:

  • Sábado (11/11) – Coritiba x Cruzeiro – Durival de Britto
  • Sábado (18/11) – Fortaleza x Cruzeiro – Castelão – Jogo atrasado da 30ª rodada
  • Quarta (22/11) – Cruzeiro x Vasco – Mineirão
  • Domingo (26/11) – Goiás x Cruzeiro – Serrinha

Essas partidas podem definir o ano do Cruzeiro e até mesmo, o cargo de Zé Ricardo, que vem sendo muito criticado pela torcida por conta de suas decisões nas partidas.

Próximas partidas do Cruzeiro podem definir o futuro de Zé Ricardo no Cruzeiro. Foto: Tiago Tindade / Staff Imagens

Derrota contra o Internacional em casa

YouTube video
Confira os melhores momentos de Cruzeiro 1 x 2 Internacional

Mesmo tentando encurralar o Internacional no campo de defesa nos minutos iniciais, o Cruzeiro não conseguiu converter, e em uma falha do sistema defensivo, Maurício abriu o placar para os colorados aos 13 minutos do primeiro tempo.

As jogadas mais perigosas do Cruzeiro surgiram em jogadas de bola parada. Na primeira etapa, Matheus Pereira cobrou uma falta venenosa que acertou o travessão. Já no segundo tempo, foi a vez de Marlon cobrar falta perigosa. Em batida colocada, o lateral acertou, mais uma vez, o travessão do goleiro Rochet.

O segundo gol colorado também surgiu de uma falha da defesa celeste. Machado perdeu a bola para Johnny na intermediária que conduziu e passou para Wanderson. O atacante teve muita liberdade para decidir o canto e ampliar o placar nos primeiros minutos do segundo tempo.

O Cruzeiro diminuiu nos acréscimos. Bruno Rodrigues arrancou em velocidade e limpou a defesa do Inter até ser interceptado por Mercado dentro da área. O camisa 9 cobrou a penalidade deslocando o goleiro uruguaio e reacendendo a esperança dos torcedores do Mineirão.

Gol do Cruzeiro surgiu após grande jogada de Bruno Rodrigues. Foto: Cruzeiro / Reprodução / Flickr

Ao final da partida, a torcida não poupou críticas ao técnico Zé Ricardo e o gestor da SAF, Ronaldo.

Torcida na bronca

Com mais uma derrota em casa, o torcedor que compareceu em peso no Mineirão ficou na bronca com o desempenho do time. Ao todo, foram quase 40 mil torcedores no Gigante da Pampulha na tarde do último domingo. Os principais alvos dos ataques foram: Ronaldo, Zé Ricardo, Wesley Ribeiro, Mateus Vital e Helibélton Palácios.

Ronaldo é xingado no Mineirão. Registro de Maic Costa, setorista do Cruzeiro na Trivela.
Zé Ricardo foi chamado de Burro pela torcida ao final da partida
Alguns jogadores do Cruzeiro também foram vaiados no início da partida, como informou o jornalista do GE, Guilherme Macedo.

COMENTÁRIOS
Share.

Graduando em Jornalismo na Universidade Federal de Ouro Preto. Colunista de Cidades do Portal Mais Minas, com passagens por Fora das 4 Linhas e Vai que Tô Te Vendo.