Take a fresh look at your lifestyle.

CSN contratará 2 mil trabalhadores e deverá investir 400 milhões na Região do Alto Paraopeba

Em evento ocorrido no último na última sexta-feira (28), na cidade de Congonhas, onde ocorreu a 228ª Assembleia Ordinária da Associação dos Municípios da Microrregião do Alto Paraopeba (Amalpa), o diretor geral da CSN – Casa de Pedra, Márcio Melilo, anunciou que a mineradora vai contratar pelo menos 2 mil trabalhadores e pretende investir R$ 440 milhões nos próximos 2 anos. A notícia foi dada pelo Jornal Correio de Minas.

Segundo o jornal, o representante da CSN fez uma análise positiva do mercado, mesmo diante de um quadro de retração econômica, e que dessa forma a empresa manterá o nível de empregos e que em 2019 irá ampliar a produção minerária, gerando mais empregos.

Na reunião, o prefeito de Congonhas, conhecido como Zelinho, aproveitou a presença do gerente geral da CSN – Casa de Pedra para reiterar o pedido para que as empresas mineradoras e as empreiteiras que atuam em suas áreas deem prioridade para os trabalhadores da região.

Sobre a cobrança de Zelinho, Melillo reafirmou a intenção da empresa de recrutar novos profissionais em Congonhas e região e que, após conversas com o prefeito de Congonhas e com o secretário de Desenvolvimento Sustentável do Município, Christian Souza Costa, o departamento de Recursos Humanos da empresa está se alinhando ao Sine Congonhas. Disse também que a mesma conversa aconteceu com as prefeituras de Ouro Branco e de Belo Vale. Melillo encerrou sua participação dizendo que a CSN está disposta a ampliar suas compras de fornecedores da região, inclusive de produtos agrícolas,por meio do Codap.

Estiveram presentes os prefeitos de Congonhas, Caranaíba, Casa Grande, Capela Nova, Conselheiro Lafaiete, Congonhas, Entre Rios de Minas, São Brás do Suaçuí, Jeceaba, Senhora de Oliveira, Ouro Branco e Queluzito e suas comitivas estiveram no Museu de Congonhas para discutirem temas de interesse regional, como emprego e renda, saúde, agricultura, desenvolvimento sustentável, mobilidade e educação. O prefeito Zelinho foi o anfitrião e dividiu a presidência da mesa com o presidente da AMALPA e prefeito de Conselheiro Lafaiete, Mário Marcus.

Também compuseram a mesa o deputado estadual Glaycon Franco, o gerente geral da CSN – Casa de Pedra, Márcio Melillo, o major Jardel Eduardo da 9ª Cia Ind. de Congonhas e o tenente Coronel Sérgio Henrique Cardoso, comandante do 31º BPM, de Conselheiro Lafaiete. Os trabalhos foram coordenados pelo secretário executivo da Amalpa e ex-prefeito de C. Lafaiete, Vicente Faria, com apoio da Prefeitura de Congonhas e da Fumcult.

Fonte: 
Jornal Correio de Minas
Prefeitura Municipal de Congonhas

Close