ComportamentoMatheus Junior

Deixe a vaquinha morrer

Nós seres humanos temos em nós a capacidade de mudar o mundo ao nosso redor, uma habilidade incrível que as vezes nem imaginamos ter, muitos de nós sequer temos noção do tamanho do impacto que podemos ter na vida das pessoas. Conheço algumas pessoas sensacionais, realmente incríveis! Mas que de alguma forma se estagnaram no caminho e pararam de sonhar. Eu quero te dar um conselho e para ilustrar bem o que quero lhe dizer vou contar uma história, a parábola da vaquinha.

Parábola da Vaquinha

Um mestre e seu discípulo estavam passando por uma região muito pobre, onde encontraram um humilde senhor que lhes ofereceu abrigo. Já na casa deste pobre homem, o mestre reparou na grande miséria que ele e sua família viviam. Ao escurecer, o pobre homem levou ao mestre e ao seu discípulo uma xícara de leite e disse: “Infelizmente nós só temos essa xícara de leite a oferecer, minha família e eu dependemos de uma vaquinha magra para sobreviver, cujo o leite em parte consumimos e em parte é trocado por outros alimentos na cidade.”

Em uma miséria terrível sobrevivia aquela família. No dia seguinte, já de partida com seu discípulo, o mestre viu a dita cuja vaquinha magrela pastando a beira de um barranco e então ordenou ao seu seguidor fiel: “Empurre a vaquinha do barranco!!” O discípulo mesmo sem entender nada, obedeceu ao seu mentor. Empurrou a pobre vaca magricela do barranco, que se estatelou no chão e morreu.

Anos depois, o discípulo ainda não conseguia esquecer o que fez naquela manhã sem deixar de se culpar pelo ocorrido e por pensar que poderia ter sido o culpado pela destruição daquela família. Um dia, com a morte do seu mestre já chegado, o discípulo voltou naquela região e procurou aquela pobre família, chegando lá encontrou o homem que uma vez os abrigou e ficou espantado com o que viu, o homem que era abatido e miserável estava feliz e de roupas finas, agora em uma bela mansão, abençoada e com grande fartura. O dono da casa se tornou um próspero empresário e seus filhos todos bem encaminhamos na vida. Vendo a cara de assustado do discípulo, o homem rico disse: “Lembra daquela vaquinha magra que tínhamos nós? Ela caiu do barranco, passamos alguns dias de necessidade, mas com sua morte tivemos que procurar uma saída e descobrimos que tínhamos um potencial muito maior que pensávamos ter. Criamos um novo destino e o resultado é esse que você vê.”

Muitas vezes nos apegamos a coisas em nossas vidas e fazemos delas de nosso porto seguro, queremos ter algo que seja alicerce em dias de tempestade. Namoro, más amizades, empregos, vícios, paixões, existem inúmeras espécies de vaquinhas em nossas vidas e todas elas tem em nós essa falsa sensação de segurança que nos impede de alcançar nossos mais lindos sonhos.

Certa vez Pedro e André, enquanto pescavam na Galiléia, empurraram suas vaquinhas no barranco e seguiram Jesus. Martin Luther King empurrou sua vaquinha da acomodação e seguiu o seu sonho de ver um país sem segregação racial. Albert Einsten, empurrou a vaquinha 99 vezes e se tornou o físico mais memorável de todos os tempos. Eu poderia te dar outros vários exemplos por aqui, mas nenhum deles importa tanto quanto o seu…

Qual é a vaquinha na sua vida?

Leia Também:

Coluna - Matheus Junior

Fechar