Belo HorizonteItabiritoMarianaOuro PretoTrânsitoTurismo

Deputados vão a Ouro Preto nesta quarta-feira para discutir reativação de ferrovia

Trecho poderia ser opção a rodovia que está sob ameaça de rompimento de barragens de minério

Acontece na noite desta quarta-feira (22), a partir das 18 horas, em Ouro Preto, uma reunião para tratar da reativação do trecho ferroviário que liga Belo Horizonte à cidade histórica. Na reunião, estarão presentes deputados da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), além de representantes das prefeituras de Ouro Preto, Mariana e de Itabirito, onde estão localizadas as barragens de rejeitos de minério que ameaçam a principal rodovia da região.

De fevereiro até abril de 2019, a BR-356, que liga BH a Ouro Preto, sofreu interdições parciais em trechos ameaçados de inundação no caso de rompimento da Barragem de Vargem Grande, que pertence à Vale e fica no município de Nova Lima (RMBH). A avaliação é que uma via ferroviária entre a Capital, Ouro Preto e Mariana seria uma alternativa à BR-356, principal acesso rodoviário à região turística mais importante do Estado.

  Iron Biker Brasil: 27ª edição acontecerá em Mariana, de 13 a 15 de setembro

A reativação do trecho rodoviário entre Belo Horizonte e Ouro Preto, seguindo até Mariana. é uma das reivindicações que a Comissão Pró-Ferrovias apresentou à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para aplicação dos recursos provenientes da indenização devida pela Ferrovia Centro Atlântica (FCA) à União, por não ter cumprido seus compromissos contratuais de investimentos ferroviários. A FCA é controlada pela VLI Logística, que por sua vez tem o grupo Vale como seu principal controlador.

A reunião é organizada pela Comissão Extraordinária Pró-Ferrovias Mineiras e foi requerida pela deputada Marília Campos (PT). O evento será realizado na Câmara Municipal de Ouro Preto, que está localizada na Praça Tiradentes, 41, Centro.

  Incêndios atingem vegetação em Belo Horizonte e outras regiões do país
Fechar