27.9 C
Belo Horizonte
terça-feira, 16 agosto 2022

Sinergia para tratar acne através da aromaterapia; veja receita

Hormônios na adolescência, falta de cuidados adequados...

Os benefícios do uso da energia solar em sua casa

Na economia de hoje, a energia solar...

Como fidelizar clientes no marketing digital

Fidelizar clientes custa muito mais barato do...
Portal Mais MinasDicasAromaterapia com óleos essenciais: saiba como funciona e conheça 10 aromas que fazem a diferença

Aromaterapia com óleos essenciais: saiba como funciona e conheça 10 aromas que fazem a diferença

A aromaterapia é capaz de alcançar áreas cerebrais que nem imaginamos. Desbloquear emoções, aumentar a imunidade, fortalecer a mente, entre outros benefícios que só são alcançados através da inspiração de óleos essenciais.

Provavelmente você já sentiu o cheiro de alguma coisa e associou a uma pessoa ou situação, esse aroma pode não se tratar de um óleo essencial, mas um perfume, o que é completamente diferente. Porém, se o cheiro de um perfume ou até um mau odor é capaz de ativar lembranças imagine o poder de um óleo 100% puro, extrair da seiva de plantas? Como podemos perceber, em aromaterapia “o buraco é mais e baixo”! 

O que é aromaterapia

Como os óleos essenciais surgiram
Como os óleos essenciais surgiram. Frascos de óleo em laboratório, imagens ilustrativa. Foto: banco de imagens livres do Canva

Em 1930, um químico francês, René Maurice Gattefossé, que foi a primeira pessoa a bordar o termo “aromaterapia” para definir tratamento terapêutico com óleos essenciais em um livro, trouxe o assunto a tona. A ideia se espalhou pela Europa e se fixou na Inglaterra, que refutando o uso dos óleos para ingestão seguiu o caminho dos produtos apenas para uso externo: pele e ambiente.

Depois, Marguerite Maury, uma enfermeira austríaca, ficou conhecida por produzir fórmulas com óleos essenciais personalizados, para atender ao objetivo de cada pessoal. Em 1961 ela lançou o livro “Le Capital Jeunesse”, que abordou a aromaterapia a partir de seus estudos científicos. Anos depois ela foi a primeira profissional da saúde a abrir uma clínica de aromaterapia em Londres, seguindo o padrão inglês, de uso externo e voltado para o bem estar. 

Alternativa, porém muito eficaz na promoção da saúde, incluindo a mental. A terapia através do olfato pode afetar positivamente aqueles que seguirem os passos corretos, pois nela existe o dia, hora e aromas apropriados para se sentir o cheiro. Os resultados podem ser sentidos em pequeno, médio, e os melhores, em longo prazo.

Como funciona a aromaterapia com óleos essenciais

Funciona assim, em instantes depois de olfatear algumas gotas do óleo essencial, ele começa a agir, liberando partículas que agem diretamente nas células nervosas, estimulando-as de acordo com o aroma escolhido. Essa ação atinge áreas do cérebro e podem também afetar positivamente o corpo. 

Toda aromaterapia precisa ter um objetivo, podendo ser diversos como auxiliar na insônia, energizar o dia, aliviar o estresse, acalmar uma mente perturbada, diminuir a ansiedade, melhor a respiração, alguns sintomas da asma entre outros. 

Como qualquer outra terapia, a “do cheiro” não é um tratamento médico e sim um complemento. Ainda assim é preciso o auxílio de um aromaterapeuta para indicar qual óleo essencial deve ser usado para a finalidade desejada. Se uma pessoa sofre de insônia, exemplificando, durante o período noturno não é recomendado o uso de um óleo de canela, pois ele propõe efeito energizante, ou seja, ao contrário de dormir a pessoa pode ficar com vontade de praticar exercícios físicos ou desenvolver alguma outra tarefa. 

10 óleos essenciais e suas funções no organismos 

Foto ilustra mulher aplicando óleo essencial para aromaterapia na mão
Foto ilustra mulher aplicando óleo essencial para aromaterapia na mão. Foto: banco de imagens livres do Canva

Cada óleo essencial tem sua função. É importante saber que na hora de adquirir um óleo desses é preciso se certificar de sua pureza e procedência, pois para que ele faça efeito é preciso que seja bastante concentrado o que não é fácil de se produzir. Somente fábricas realmente comprometidas com a qualidade de seus produtos conseguem chegar em um bom nível e conseguir certificação. 

Para se ter uma noção de como um óleo essencial é produzido, para cada um litro utiliza-se aproximadamente uma tonelada da planta na qual o óleo é extraído.

Outro fator importante a se considerar é que sozinho o óleo também não faz efeito. Ele passa por um processo químico, que agrega fórmulas específicas para cada aroma. Mesmo que ele seja puro, é necessária uma certa alquimia que considera desde a extração até o envasamento e por fim sua chegada ao consumidor final.

Agora que você já sabe mais sobre esses pequenos frascos que fazem “milagre”. Vamos conhecer alguns aromas.

Aromaterapia com óleo essencial de copaíba

Extraído da árvore de Copaíba, uma planta alta com mais de 30 metros, nativa da América do Sul e da África do Sul, esse óleo essencial é poderoso no combate da enxaqueca, estresse e dor musculares. Porém sua maior fama é de anti-inflamatório, por isso é usado em tratamentos de pele antiacne e antimicrobianos.

Preço: entre R$ 20 e R$ 50.

Aromaterapia com óleo essencial de lavanda 

A calma e o relaxamento são as principais ações do óleo essencial de lavanda. A planta também é comumente usada no tratamento de revigorar a pele.

Preço: entre R$ 22 e R$ 80

Aromaterapia com óleo essencial de eucalipto 

Produzido a base de eucaliptol, esses óleos são ideais para complementar tratamentos de doenças respiratórias como asma, bronquite e gripes. Quando de uma a três gotas são inalação a substância causa a sensação de desobstrução das vias aéreas. Estudos também indicam que o cheiro do eucalipto entrega mais segurança emocional, apartando sensação de tensão.

Preço: de R$ 29 a R$ 70.

Óleo de Jasmim 

Cheira o óleo de Jasmim pode proporcionar pensamentos otimistas, sensação calmante e melhorar o humor. Usando o produto nas áreas corretas, um dia equilibrado pode surgir.

Valor: de 30 a R$ 100

Óleo essencial de Melissa 

Raro e necessário, o óleo essencial de Melissa é o “sossega leão” alternativo. Sendo um aliado contra a insônia e proporcionando um sono leve e muito relaxante. Seu único problema é o valor, um pequeno frasco de 5 mls pode custar entre R$60 e R$700 a depender da marca.

Ylang ylang 

Além de se usar para fins cosméticos como para hidratação dos cabelos e pele, o óleo essencial Ylang Ylang entrega aos usuários uma perspectiva positivista de vida. Ele é extraído das amarelas flores da árvore cananga odorata, nativa em países que norteiam o Oceano Índico.

Preço: de R$ 20 a R$ 50.

Óleo essencial de mentha piperita

A fusão entre hortelã e pimenta culminou na menta piperita. Esse aroma diminui a sensação de estafa física e mental, além de atuar em outras áreas físicas como no descongestionante nasal, cólica mentiram, enjôos e controle da oleosidade da pele. Ela também é adotada por empresas cosméticas para a produção de loções que aliviam a insolação epidérmica. 

Preço: de R$ 30 a R$80.

Aromaterapia com óleo essencial de tangerina 

Inspiração, energia, coragem e criatividade, essas são algumas das sensações que o óleo essencial de tangerina entrega para quem o utiliza com frequência. Do ponto de vista farmacêutico este óleo atua na constipação intestinal, eliminação de toxina e líquido retido. 

Preço: de R$ 20 a R$ 70.

Óleo de gengibre 

O óleo essencial de gengibre é um potente anti-inflamatório que estimula a ação, ajudando a recuperar a autoconfiança e medos. Pode ajudar também a aliviar dores musculares e de cabeça.

Preço: de R$ 59 a R$ 300.

Óleo essencial de Junípero para aromaterapia 

O Junípero é um importante óleo para o tratamento de organização interna. Ele ajuda a diminuir a angústia e confusão mental, sendo forte aliado no combate da melancolia, entregando sentimentos e pensamentos bonitos em relação a vida. Podendo em algumas pessoas causar efeito afrodisíaco.

Como usar os óleos essenciais para a aromaterapia 

Difusor para óleo essencial
Difusor para óleo essencial. Foto: banco de imagens livres do Canva

Os óleos essenciais podem ser usados com um difusor ambiente, através do colar com pingente difuso, esfregado em áreas específicas do corpo, borrifado em algum cômodo da casa, velas aromatizantes ou através de aromatizadores elétricos.

Experimente os benefícios da aromaterapia por meio dos óleos essenciais e se surpreenda com os resultados!

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: