Diretoria do Atlético comunica que Maicon Bolt não é mais jogador do Galo

NEWSLETTTER

RECEBA O NOSSO BOLETIM DE NOTÍCIAS DIARIAMENTE
Digite seu Nome:

Digite seu E-mail:

Escolha o tipo e/ou às localidades que você deseja receber notícias -

Destaques

Em meio à crise, site ajuda a divulgar pequenas empresas de Uberlândia

Um grupo de pessoas de Uberlândia criou o site Sem Corona para ajudar a divulgar os negócios locais que...

Prefeitura de Mariana lança “Disk Aglomeração”, para denunciar quebras do isolamento

A cidade de Mariana, na região dos Inconfidentes, é uma das três cidades mineiras que já registraram óbitos causados...

Globo transmitirá final da Copa do Mundo de 2002 no domingo (12)

Parece ironia querer sentir alegria na época da pandemia? Bom, pelo menos para o fã de futebol, sim. Os...

Previsão do tempo em Minas Gerais de segunda-feira (06/04)

Nesta segunda-feira (6), áreas de instabilidade atmosféricas que ainda atuam na divisa dos estados de Minas Gerais e Goiás...

Estudo revela que remédio antiparasitário pode parar o coronavírus em 48 horas

Pesquisas recentes mostram que a droga Ivermectina pode matar o novo coronavírus, que causa o Covid-19, em 48 horas....

Após pouco mais de um ano de contrato, o Atlético rescindiu o contrato com Maicon Bolt, que não joga mais pelo Galo. O atacante de 29 anos foi comunicado pela diretoria que terá seu contrato rescindido e, com isso, o atleta despediu de seus antigos companheiros de clube. Entretanto, ainda falta o acordo financeiro para a concretização da saída do jogador.

No documento assinado por Rui Costa, diretor de futebol do Atlético, está escrito que Maicon Bolt “não produziu os resultados contratuais esperados pela Agremiação. tanto sob o aspecto desportivo quanto de imagem, razão pela qual o Clube Atlético Mineiro considera que não há como dar continuidade aos precitados Contratos, conforme já dialogado”.

Os advogados de Maicon Bolt, Filipe Rino e Thiago Rino, emitiram uma nota sobre a comunicação oficial do clube dizendo que ainda aguardam os acertos de rescisão de contrato com o jogador.

“Maicon Marquês Bitencourt vem, por intermédio desta, confirmar as últimas informações do rompimento antecipado do CETD – Contrato Especial de Trabalho Desportivo firmado com o Clube Atlético Mineiro em 2019.

Desde o início deste ano, o clube demonstrou interesse na rescisão contratual, que não é e nunca foi de interesse do atleta, que gostaria de cumprir o contrato até o fim (31/12/2021).

Para sua surpresa, na última sexta-feira, 14/02, o atleta foi comunicado oficialmente de seu desligamento, por documento assinado pelo Diretor de Futebol do Clube, informando que não era mais do interesse do Clube Atlético Mineiro a continuidade do Contrato.

Frisa-se que a rescisão contratual ocorreu de forma unilateral imotivada, por parte do Clube Atlético Mineiro, não sendo em momento algum do interesse do atleta a rescisão.

No mesmo dia o atleta notificou o clube para que fossem pagas todas as verbas devidas pela ruptura antecipada do contrato, sem respostas até o momento.

Maicon agradece ao Clube Atlético Mineiro e à maravilhosa torcida do Galo, desejando mais um ano de sucesso.”

Leia também: Atlético lança nota de repúdio e suspende mascote acusado de assédio

 

- Advertisement -