Em plena pandemia, dois cultos cheios são localizados e fechados em Conselheiro Lafaiete

No último domingo (26), a Polícia Militar (PMMG) foi até um estabelecimento onde acontece cultos religiosos na Avenida Prefeito Telésforo Cândido de Resende, em Conselheiro Lafaiete, onde estava funcionando normalmente, mesmo com o decreto de isolamento social. Havia 33 pessoas participando da celebração religiosa, mas ninguém foi preso.
Houve a intervenção da polícia no local e ao questionar o fato a um dos responsáveis, não foi apresentada nenhuma justificativa cabível para o funcionamento do templo religioso.
Por ser um crime de menor potencial ofensivo, não foi imposta prisão em flagrante, mas foi registrado a ocorrência e encaminhada ao Ministério Público para demais providências.

Outra denúncia

No mesmo dia, a polícia foi até outro templo religioso, dessa vez na Avenida Furtado, após denúncia anônima de que possivelmente estaria ocorrendo um culto no local. Foram encontradas no culto, aproximadamente, 64 pessoas.
Nessa ocorrência também houve apenas o registro do fato e, posteriormente, foi encaminhado ao Ministério Público para serem tomadas as medidas pertinentes.
Veja também: Duas pessoas foram presas em flagrante por tráfico de drogas em Conselheiro Lafaiete

Comentários