O que você procura?

Após Amazon, Mercado Livre também se instalará em Minas Gerais, gerando 1,4 mil empregos

Rodolpho Bohrer 12 de novembro de 2020 às 14:20
Tempo de leitura
2 min
Imagem: Reprodução/Facebook
Imagem: Reprodução/Facebook

Três dias após o governador Romeu Zema anunciar a chegada da Amazon, maior empresa de comércio digital do mundo, na cidade de Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, nesta quinta-feira (12) o Governo de Minas anunciou a chegada de uma gigante do e-commerce no estado. A Mercado Livre, uma da maiores empresa da América Latina, vai instalar um centro de distribuição (CD) em Extrema, no Sul do estado, gerando 1,4 mil empregos entre diretos e indiretos.

Nas redes sociais, Zema publicou um vídeo comemorando a chegada das duas empresas no estado, ressaltando que é “possível governar com responsabilidade, desburocratizando e sendo amigo de quem trabalha, produz, paga impostos e gera empregos”.

Segundo informações da Agência Minas, imprensa oficial do estado, a implantação do Mercado Livre será em duas grandes frentes. Além da Mercado Envios – voltada para o armazenamento e logística das empresas parceiras que utilizam a plataforma de vendas -, a unidade mineira também vai operar a Ebazar, empresa do grupo que controla a operação própria de e-commerce da companhia.

LEIA TAMBÉM:  Reajuste do transporte intermunicipal deixa linha Ouro Preto x Mariana mais cara

Mercado Livre

A Mercado Livre foi fundada em 1999 pelo empresário argentino Marcos Galperín. É pioneira na região em sua aposta como intermediária entre vendedores e compradores de produtos pela internet.

O modelo foi inspirado pela norte-americana eBay, inovando com a implementação da carteira eletrônica Mercado Pago, lançada em 2018, que a transformou na primeira fintech argentina de sucesso.

Tanto na Argentina como no restante da América Latina, a Mercado Livre observou um crescimento de 45% na base de usuários ativos durante o segundo trimestre de 2020 e alcançou 51,5 milhões de contas. Hoje, são registradas em torno de 16 compras e 425 visitas por segundo em sua plataforma e mais de 3,3 milhões de transações diárias pela Mercado Pago.

LEIA TAMBÉM:  Como a escolha de uma plataforma pode influenciar no seus investimentos?

Presente em 18 países, Mercado Livre é a maior plataforma de comércio digital da América Latina e a única da região a se encontrar entre as 100 empresas que mais crescem no mundo em 2020.

Inscreva-se no nosso boletim informativo

Inscreva-se para receber as principais notícias veiculadas no nosso site em sua caixa de entrada, uma vez por dia.

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade para mais informações.

Última atualização em 13 de novembro de 2020 às 02:34