“Ela estava com short do tipo Anitta”, diz motorista acusado de assediar adolescente

Nessa terça-feira (18), um vídeo viralizou nas redes sociais entre os brasileiros. Nas imagens, uma adolescente de 17 anos aparece sendo assediada por um motorista que trabalha por meio do aplicativo Uber. O caso aconteceu em Viamão (RS).

Em depoimento prestado na Delegacia da Mulher da cidade, a jovem disse que outras amigas adolescentes passaram por situação semelhante com o mesmo motorista, porém nenhuma delas ainda se manifestaram.

Após ser ouvido na delegacia, o suspeito concedeu uma entrevista à imprensa. Para se defender das acusações, ele disse que a adolescente estava se comportando de maneira vulgar vestida com “short do tipo Anitta”.

O vídeo em que o acusado se defende também viralizou nas redes, inclusive por ele ter citado uma celebridade para exemplificar o tamanho da roupa da menina.

A cantora já se manifestou e disse que “Nada justifica um assédio. A forma de se vestir, sentar, e falar não significa qualquer autorização ou pedido ou convite a ser assediada ou invadida, abusada, estuprada”.

A internet não perdoou tanto que na manhã de hoje (19) esse foi um dos assuntos mais comentados no twitter. As mulheres ficaram revoltadas tanto quanto ao assédio, como com a resposta do suposto assediador ao caso, que quis dizer que a culpa era da vítima por estar usando roupas que segundo ele é inapropriada.

COMENTE