EntrevistaItabiritoNotícias

Eleição para prefeito em Itabirito acontece no dia 7 de julho

A eleição foi convocada após a cassação da chapa do ex-prefeito Alexander Silva Salvador

No dia 7 de julho irá acontecer a eleição suplementar para prefeito em Itabirito, cidade da região central de Minas.  A eleição foi convocada após a cassação da chapa do ex-prefeito Alexander Silva Salvador e seu vice, Wolney Pinto. A chapa foi eleita durante o pleito municipal de 2016.

A eleição de julho terá algumas especificidades em relação às eleições ordinárias, principalmente em relação aos prazos, que serão mais curtos. De acordo com Roque Junior, Chefe do Cartório Eleitoral de Itabirito, a resolução 1102/2019, que trata das eleições suplementares de Itabirito é baseada na lei nº 9.504, legislação das eleições ordinárias.

O registro dos candidatos que pretendem disputar as eleições vai até amanhã (6), e os interessados devem entregar o registro no Cartório Eleitoral de Itabirito. Roque Junior ressalta os prazos específicos para a eleição que ocorre no mês que vem.

  Quatro escolas de Mariana (MG) têm aulas suspensas após chuvas

O novo prefeito eleito no dia 7 de julho poderá ser diplomado até o dia 26, e ficará no cargo até a próxima eleição municipal, que acontece em 2020.

Mandato cassado

A cassação foi expedida por abuso de poder econômico e captação ilícita de recursos financeiros. De acordo com as informações, o prefeito teria recebido doação de pessoas jurídicas, durante a campanha de 2016. Com isso, os doadores teriam usado funcionários, sócios, e familiares de sócios para fazer as doações.

O mandato do ex-prefeito foi cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), por unanimidade. Entretanto, o ex-prefeito teve a oportunidade de entrar com recursos, porém, todos foram rejeitados. No dia 3 de abril o TRE divulgou oficialmente a decisão da cassação da chapa.

  Governo anuncia privatização dos Correios e outras estatais; veja a lista

A partir da decisão, o presidente da Câmara dos Vereadores, Arnaldo Pereira dos Santos, assumiu como prefeito interino da cidade.

Fechar