Em BH, taxa de ocupação de leitos de UTI por Covid-19 chegam a 91%

Desde o último domingo (5), Belo Horizonte bateu um novo record na taxa de ocupação de leitos de UTI para a Covid-19. Os dados, divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde da cidade, mostram que 91% dos leitos já estão ocupados por pacientes com Covid-19.

O SUS da capital mineira recebeu, desde a última sexta-feira (3), 10 novos leitos de UTI, totalizando 1.020 unidades, sendo 345 exclusivo para pacientes com coronavírus. Além de 14 novos leitos de enfermaria, com total de 4.537 e 916 exclusivos para pacientes suspeitos de Covid-19.

Apesar da ampliação dos leitos, o número de ocupação continua crescendo. Agora são, nas UTIs, 91% ocupado por Covid-19 e 83% não covid. Nas enfermarias, 72% ocupado por Covid-19 e 67% não covid.

Era previsto, ainda em abril, a ampliação de 688 leitos de UTI para casos suspeitos de Covid-19 para maio. A iniciativa, buscava atender toda a demanda por atendimento hospitalar, entretanto, após dois meses, menos que o dobro de leitos foi aberto até agora. Além disso, a expectativa era de 1.518 leitos de enfermaria, totalizando apenas 60% até o momento.

Leia também: Sete Lagoas ganha dez novos leitos de UTI para atender pacientes com Covid-19

Comentários