Em vídeo suspeito, Sette Câmara dispensa volta de Tardelli ao Atlético

Um vídeo que circula nas redes sociais tem causado muito barulho na internet nesta terça-feira (28). Se trata do presidente do Atlético, Sérgio Sette Câmara, em um avião sendo abordado por um torcedor perguntando sobre a possibilidade do retorno de Diego Tardelli ao Galo. Porém, no vídeo, Sette Câmara respondeu: “É asilo aqui agora, é? Jogador de 36 anos!”

Entretanto, não se sabe a data em que o vídeo foi gravado, e ainda, há uma nítida modificação no som na reprodução. Há um abafo tanto na pergunta quanto na resposta, e ainda, há a abordagem sobre o retorno de Roger Guedes, também feito pelo mesmo torcedor. Porém, o vídeo está cortado e não é possível saber o que Sette Câmara teria respondido.

Veja o vídeo:

Outra dúvida que permanece sem resposta quanto ao vídeo é que o presidente disse que Diego Tardelli teria 36 anos, mas a idade do jogador é 34. Além disso, seria uma fala um tanto contraditória, já que, na gestão de Sette Câmara, o Atlético contratou o atacante Ricardo Oliveira, que na época já tinha 37 anos. E também, o Galo renovou, no ano passado, o contrato de Leonardo Silva, aos seus 49 anos.

Diego Tardelli rescindiu seu contrato com o Grêmio e está livre no mercado. Com isso, claro, seu retorno ao Atlético é bastante especulado pela imprensa e torcedores. Porém, o jogador não está tão valorizado, em sua última temporada atuando com a camisa do tricolor gaúcho foram 47 jogos e apenas sete gols.

O alto salário de Tardelli, junto de sua idade, são outros fatores para que o Atlético não tenha tanto interesse na contratação do jogador. A nova proposta para o Galo em 2020 é de enxugar a folha salarial e contar com atletas novos, com potencial de valorização no mercado, até porque, a realidade financeira do clube está longe de ser a das melhores.

Tardelli no Atlético

Diego Tardelli atuou com a camisa alvinegra em 2009, quando foi artilheiro do Campeonato Mineiro com 16 gols, do Campeonato Brasileiro com 19 gols e de toda a temporada brasileira com 39 gols. Além disso, o jogador atuou no futebol russo e do Catar de 2011 a 2013 e, após isso, em 2013, retornou ao Atlético e teve sua passagem mais vitoriosa no clube, conquistando um Campeonato Mineiro e uma Copa Libertadores no mesmo ano, e venceu a Copa do Brasil de 2014 em cima do maior rival, Cruzeiro.

Comentários estão fechados.