Ultimate magazine theme for WordPress.

Enem: saiba como se concentrar para a prova e obtenha dicas para a reta final

Mais do que na reta final para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), os estudantes estão agora a apenas dois dias do primeiro dia de prova. Este domingo (3) marca o primeiro dia de exame com linguagens e códigos, além de redação e ciências humanas. Já no outro domingo (10), acontece a segunda parte, em que serão testados os conhecimentos em ciências da natureza e matemática. Em Minas Gerais serão 534.648 alunos realizando a prova.

Depois de muito estresse, ansiedade e estudos, é hora de se concentrar no relaxamento e na preparação saudável para a realização da prova. Essa semana já está sendo hora de descanso, além de manter o corpo e a mente tranquilos, afinal, o bom desempenho na prova também depende disto. A dica de hoje é desacelerar o ritmo e diminuir os ânimos.

Na hora da prova o essencial é ter foco e concentração. O Mais Minas entrou em contato com vestibulandos pré-Enem, professora, psicóloga e também profissional da área de relaxamento corporal em busca das melhores dicas e orientações para a realização do exame.

A redação

Os assuntos e as apostas sobre o tema da redação do Enem são enormes todo ano. Entretanto, este assunto na maioria das vezes é uma caixinha de surpresas. Mas não se preocupe, se você estudou durante todo o ano, você está preparado para passar por essa etapa.

Aplicada no primeiro domingo de prova, algumas dicas são essenciais para que você tenha um bom desempenho na redação. Amanda Leão, professora de Português de cursinhos pré vestibular e ensino médio traz algumas dicas importantes a serem seguidas neste domingo, veja alguns passos:

“Para se preparar para possíveis temas de redação, ouvir podcasts é uma boa pedida. Para realizar a redação, destine um tempo confortável a fim de que o seu rascunho possa ser bem estruturado, sempre se atentando ao que é exigência para uma possível boa pontuação, como os seguintes elementos:

Não se faz uma redação valiosa sem definir um ponto de vista acerca do tema solicitado e essa deverá ser a sua tese. É preciso reconhecer que ponto de vista não ganha discussão, mas argumentação sim. Portanto, escolha argumentos que sustentem o seu ponto de vista a fim de que a banca valide sua opinião e sua persuasão.

Aumentando o grau de dificuldade na pontuação do Enem dos últimos anos é obrigatório que, para ser pontuado na competência 5 com 200 pontos disponíveis para você, deve-se criar uma proposta de intervenção que contenha modos de amenizar, melhorar, interferir e, quem sabe, solucionar as problemáticas levantadas durante o texto”.

O psicológico

É inegável que a prova exige do participante bastante esforço físico e mental, o que pode ocasionar em situações de ansiedade e aflição. Entretanto, é possível e necessário respirar fundo e se concentrar em tudo que você já estudou até esta reta final.

A psicóloga clínica Aline Gonçalves traz algumas dicas para a realização da prova que trabalha com o psicológico, físico e cognitivo dos estudantes. É importante sempre lembrar que o pensamento positivo é extremamente importante na hora de realizar o exame. “Não é bom você pensar que não dá conta. Pensamentos angustiantes podem bloquear a sua memória. Esse é o momento de acreditar em todo o esforço que você teve aqui”, afirma.

A professora Amanda também conversa sobre a insegurança e o psicológico dos alunos e traz a ideia de que “É inegável que os estudantes se sintam inseguros nos dias que antecedem a prova, porém é necessário usar esses dias a seu favor, compreendendo que “engolir” matérias de variados componentes curriculares na última hora só aumentará a ansiedade. Estude sim nas vésperas, se isso lhe for confortável, mas não fique escravo da memorização, pois o desgaste pode prejudicar todo o conhecimento de um ano inteiro!”.

As vestibulandas contam…

Assim, quem já estudou e se dedicou durante o ano já tem tudo reservado na memória de longo prazo. Carina Paraíso, de 22 anos, estudante de pré vestibular, conta que “é meu quarto ano de cursinho e já vejo que esse tempo foi muito importante para o meu amadurecimento, além de ter sido ímpar na minha preparação para a prova, desde achar a maneira mais eficiente de estudo, até a saber fazer a prova e administrar meu tempo. Confesso que relaxar não é muito meu forte, mas a gente tenta ao máximo se manter tranquilo antes da prova”.

O Enem é o momento ideal para você mostrar tudo que sabe e tudo que aprendeu durante os anos de sala de aula, e é por isso que saber administrar o tempo e lidar com a pressão é extremamente fundamental. Saiba separar os conteúdos da prova e também a lidar com a redação no primeiro dia. Um bom cronograma de realização de prova é essencial.

Rachel Gava, de 21 anos, também é pré-vestibulanda e conta das suas expectativas e ansiedades antes da prova “Agora não é o momento de pensar no que você não fez, e sim no que você fez e deu certo, ir com um sentimento de dever cumprido. Eu por exemplo sou muito ansiosa e na véspera isso piora, então procuro apenas revisar algumas coisas e ficar mais tranquila em relação aos estudos. Tento dormir direito todos os dias da semana e me alimentar bem, além disso eu faço coisas que não tem a ver com estudo ou prova, como por exemplo correr, sair pra algum lugar tranquilo ou assistir filmes e séries”.

A motivação

As expectativas dos estudantes são altas e o complicado é dominar os sentimentos e controlar a ansiedade. Por isso, a psicóloga Aline Gonçalves dá algumas dicas sobre maneiras de trabalhar o seu cérebro e não se submeter a deslizes durante o exame. Entenda:

“É preciso se preparar para lidar com os desafios e preparar o seu cérebro criando possibilidades diante dos desafios futuros, como por exemplo: “E se eu não souber a questão da prova?” A resposta é: passe para a próxima. Encontre alternativas para que o seu cérebro possa lidar com imprevistos. Talvez feito isso, ao retornar a questão você dê conta de resolvê-la de uma forma menos angustiante e ansiosa”.

Além disso, a estudante Carina Paraíso também traz uma motivação extra dias antes do exame dizendo que “saber que o Enem não nos define como pessoa já ajuda bastante, visto que sabemos da nossa trajetória e do nosso esforço. É saber que você deu seu melhor”.

Aline cita também a importância dos pais neste momento de preparação e relaxamento. É preciso que os pais dos vestibulandos os deixem “confortáveis” para alcançar um resultado positivo. Ou seja, por mais que os estudos sejam essenciais, não é necessário que haja pressão, ainda mais nesta reta final. “É preciso que os pais deem doses diárias de estímulo e motivação aos filhos. Demonstre confiança à eles”.

Se manter otimista transfere para os filhos a confiança que eles precisam para enfrentar as dificuldades antes, durante e depois da prova em busca de seus sonhos.

O relaxamento

Em paralelo ao psicológico, algumas técnicas corporais podem ser excelentes na hora de se concentrar e se acalmar para a avaliação. A massoterapeuta e esteticista Ana Flávia Carvalho traz experiências para o candidato fazer antes, durante ou após a realização do exame. De acordo com a profissional, massagem relaxante para pessoas que estão necessitando de um relaxamento mais profundo, principalmente para aqueles que estão na reta final para o Enem, é uma excelente opção. A massagem alivia a ansiedade e também proporciona um relaxamento ímpar.

As técnicas de respiração são uma boa estratégia para se fazer antes, durante e após a prova. Ana Flávia conta ainda que “Técnicas de respiração também ajudam muito a manter a concentração e a calma. Isso ajuda não só na hora de prestar um vestibular, como em qualquer outra situação. Trabalhar com exercícios respiratórios é essencial, além de ter uma boa noite de sono para que a mente esteja ativa para conseguir realizar o exame”.

Além de toda a auto-confiança, dos estímulos e também das técnicas de relaxamento, é importante que seja escolhido uma alimentação saudável para o final de semana da prova. Uma alimentação saudável e leve ajuda muito no raciocínio. Alimentos pesados e gordurosos deixam seu organismo e seu raciocínio mais lentos.

Assim como explica a psicóloga Aline, ter uma boa noite de sono rende um melhor desempenho cognitivo do participante, além da alimentação também influenciar seu desempenho durante a prova. Por outro lado, a ansiedade pode também bloquear a fome, entretanto, é necessário se alimentar de forma regular pois ficar sem comer afeta também o raciocínio.

Para o dia do Enem:

Não adianta apenas estar relaxado e preparado fisicamente e mentalmente. É necessário se lembrar também de coisas básicas e extremamente necessárias para a realização da prova:

Leve documento oficial de identificação com foto. Pode ser o RG, passaporte, carteira de trabalho, CNH ou outros documentos que constam no edital do Enem.

Lembre-se que a caneta usada na prova deve ser caneta esferográfica de corpo transparente e tinta preta.

É aconselhado levar seu cartão de confirmação de inscrição impresso, facilitando o acesso ao local e a sala de prova.

Lembre-se dos objetos proibidos, como por exemplo: folhas, boné, fone de ouvido, lápis, borracha, celular, relógio ou livros.

Comentários do Facebook