27.4 C
Belo Horizonte
segunda-feira, 30 janeiro 2023

Chuteira de Ouro: quem está na corrida para ser o artilheiro da Copa do Mundo do Qatar?

Dois jogadores franceses e Messi estão no páreo

Com 5 gols em 5 jogos, Kylian Mbappé está isolado na artilharia da Copa do Mundo do Qatar, sendo o craque francês do PSG hoje o principal nome a conquistar a Chuteira de Ouro, premiação entregue ao jogador que marcar mais gols ao longo da competição.

Tudo indica que a corrida da Chuteira de Ouro será entre Mbappé, Lionel Messi e Olivier Giroud. Esses dois últimos têm, cada um, 4 gols, e estão classificados para as semifinais. Messi tem à frente a Seleção da Croácia, que não costuma levar muitos gols. Já Giroud está na concorrência caseira com Mbappé, ambos defendendo a camisa da França no jogo contra Marrocos, que sofreu apenas 1 gol em toda a competição, na vitória sobre o Canadá, por 2 a 1. Nos outros 4 jogos, a defesa marroquina passou ilesa, o que pode frustrar os planos de Mbappé e Giroud de ampliarem a marca de gols no Qatar.

Andrej Kramaric, da Croácia, corre por fora, mas é improvável que faltando apenas dois jogos o atacante croata consiga entrar na briga conta Mbappé, Messi e Giroud, considerando o futebol reativo que a seleção do seu país tem adotado como esquema tático nos primeiros jogos do Mundial.

Atacante do Sevilla, Youssef En-Nesyri, que defende a camisa de Marrocos, é outro jogador que ainda está no páreo, tendo marcado 2 dos 5 gols da seleção africana no Mundial. Mas isso não é tão improvável assim, já que a seleção francesa possui um esquema de mais imposição, o que pode abrir brechas para En-Nesyri surpreender.

De acordo com as maiores casas de apostas do Brasil, Mbappe é o grande favorito, Messi e Giroud ainda têm chances, e quem apostar em En-Nesyri ou Kramaric pode faturar 500 vezes o valor apostado! 

Artilheiros da Copa do Mundo do Qatar

Até o momento, os artilheiros da competição são:

5 gols

Kylian Mbappé (França)

4 gols

Lionel Messi (Argentina)
Olivier Giroud (França)

3 gols

Álvaro Morata (Espanha)*
Bukayo Saka (Inglaterra)*
Cody Gakpo (Holanda)*
Enner Valencia (Equador)*
Gonçalo Ramos (Portugal)*
Marcus Rashford (Inglaterra)*
Richarlison (Brasil)*

2 gols

Aleksandar Mitrovic (Sérvia)*
Andrej Kramaric (Croácia)
Breel Embolo (Suíça)*
Bruno Fernandes (Portugal)*
Cho Gue-sung (Coreia do Sul)*
Ferrán Torres (Espanha)*
Giorgian de Arrascaeta (Uruguai)*
Harry Kane (Inglaterra)*
Julián Álvarez (Argentina)
Kai Havertz (Alemanha)*
Mehdi Taremi (Irã)*
Mohammed Kudus (Gana)*
Neymar (Brasil)*
Niclas Füllkrug (Alemanha)*
Rafael Leão (Portugal)*
Robert Lewandowski (Polônia)*
Ritsu Doan (Japão)*
Salem Al-Dawsari (Arábia Saudita)*
Vincent Aboubakar (Camarões)*
Youssef En-Nesyri (Marrocos)
Wout Weghorst (Holanda)*

* Já foi eliminado.

Chuteira de Ouro

Conforme mencionado anteriormente, a Chuteira de Ouro será entregue ao jogador que marcar mais gols ao longo da Copa do Mundo. No entanto, pode haver de dois ou mais jogadores anotarem a mesma quantidade de gols. Nesse caso, o número de assistências (conforme determinado pelos membros do Grupo de Estudos Técnicos da FIFA) será adotado como critério de desempate. Se ainda assim o empate ainda permanecer, os minutos jogados no torneio serão levados em consideração (leva vantagem quem permanecer em campo por menos tempo).

Uma Chuteira de Prata e uma Chuteira de Bronze também serão premiadas ao segundo e terceiro colocados na artilharia, respectivamente.

Os ganhadores da Chuteira de Ouro no histórico das Copas do Mundo

Nomes de peso do futebol mundial já foram premiados com o tão desejado prêmio. No Brasil, os craques Ademir de Menezes, Leonidas da Silva, Garrincha, Vavá e Ronaldo Fenômeno são os agraciados no histórico da competição. Veja todos os nomes contemplados:

  • 1930: Guillermo Stabile (8 gols)
  • 1934: Oldrich Nejedly (5)
  • 1938: Leonidas da Silva (7)
  • 1950: Ademir de Menezes (8)
  • 1954: Sandor Kocsis (11)
  • 1958: Just Fontaine, France (13)
  • 1962: Florian Albert, Garrincha, Valentin Ivanov, Drazan Jerkovic, Leonel Sanchez and Vava (4)
  • 1966: Eusebio (9)
  • 1970: Gerd Muller (10)
  • 1974: Grzegorz Lato (7)
  • 1978: Mario Kempes (6)
  • 1982: Paolo Rossi (6)
  • 1986: Gary Lineker (6)
  • 1990: Toto Schillaci (6)
  • 1994: Oleg Salenko and Hristo Stoichkov (6)
  • 1998: Davor Suker (6)
  • 2002: Ronaldo (8)
  • 2006: Miroslav Klose (5)
  • 2010: Thomas Muller (5)
  • 2014: James Rodriguez (6)
  • 2018: Harry Kane (6)

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: