O que você procura?
Renova banner


Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item

VAR e vaias: Seleção decepciona e fica no 0 a 0 com a Venezuela

Rodolpho Bohrer 19 de junho de 2019 às 12:45
Tempo de leitura
3 min

A seleção brasileira enfrentou a Venezuela ontem (19), na arena Fonte Nova e amargou um empate em 0 a 0. O resultado foi o primeiro tropeço do Brasil na Copa América. Apesar de não ter feito uma apresentação ruim, a seleção mostrou um futebol pouco criativo e parou no VAR. Dessa forma, os quase 40 mil torcedores presentes na arena, mostraram sua insatisfação com o time ao som de vaias.

Uso do VAR

A seleção de Tite esbarrou na forte defesa venezuelana, além disso, o VAR foi um dos inimigos do Brasil na noite de ontem. O árbitro de vídeo anulou os dois gols da equipe brasileira.


Aos 15 minutos do segundo tempo, Gabriel Jesus marcou, mas a arbitragem viu impedimento do jogador no lance. Em seguida, foi a vez de Coutinho fazer o dele, mas antes de entrar, a bola esbarrou em Firmino. Novamente o gol foi anulado com a ajuda do VAR. A decisão gerou algumas controvérsias, principalmente no lance de Gabriel Jesus que, para alguns especialistas, foi mal anulado.

Vaias 

Não tem jeito, os brasileiros, mesmo que a fase da seleção não seja boa, sempre esperam ver um espetáculo em campo. Mas a realidade é que a há tempos a torcida não vê uma grande atuação do Brasil.

Mesmo com os resultados medíocres que a equipe brasileira vem alcançando, a torcida compareceu a Arena Fonte Nova na noite de ontem: Quase 40 mil torcedores assistiram ao empate em 0 a 0 do Brasil com a Venezuela. Porém, a torcida brasileira perdeu a paciência ao longo do jogo, vaiou os jogadores e ainda contou “olé”.

Números negativos

A seleção brasileira escreveu mais uma página de sua história, mas dessa vez, os números alcançados não foram positivos. O Brasil se tornou a primeira equipe anfitriã a perder pontos para a Venezuela na história da Copa América. Dos 25 confrontos contra eles, o Brasil não conseguiu marcar em apenas quatro confrontos com os venezuelanos.

Reação de Galvão e memes 

Aos 12 minutos do segundo tempo, Tite resolveu fazer a primeira mudança no time. No lugar de Casemiro, o técnico acionou Fernandinho. A substituição gerou uma reação espontânea de Galvão Bueno, que ao ouvir a informação trazida por Tino Marcos soltou um “Hãn?”. Rapidamente a internet repercutiu a expressão usada por Galvão e vários memes foram criados.

Agenda 

A seleção de Tite agora se prepara para enfrentar o Peru, as duas equipes estão empatadas com quatro pontos no grupo A. Mas o Brasil segue na liderança por ter um saldo melhor. O confronto entre as seleções será no próximo sábado (22), na Arena Corinthians.

Inscreva-se no nosso boletim informativo

Inscreva-se para receber as principais notícias veiculadas no nosso site em sua caixa de entrada, uma vez por dia.

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade para mais informações.

ATENÇÃO: Ao copiar uma matéria do Mais Minas, ou parte dela, não se esqueça de incluir o link para a notícia original.

Última atualização em 3 de novembro de 2021 às 21:59