Fábio conquista título inédito da Libertadores e agradece cruzeirenses

Por Davi Guimarães
0 comment

No último sábado (4), o Fluminense conquistou pela primeira vez o título da Copa Libertadores da América. Após a derrota diante da LDU em 2008, o grito de campeão permaneceu entalado pelos torcedores tricolores durante 15 anos, até o dia 4/11/2023.

Fábio conquista título inédito da Libertadores e agradece cruzeirenses
FOTO: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.

Quis o destino que a final fosse novamente no Maracanã para pôr fim à uma noite que, por muito tempo, assombrou os torcedores que presenciaram a festa de Cevallos, Patón Bauza e os cerca de 4 mil torcedores equatorianos. Além do Fluminense, a conquista também foi inédita para o goleiro Fábio, que levantou a taça mais almejada do continente aos 43 anos.

Fábio e Libertadores

Um ano após o vice-campeonato tricolor, Fábio também viveu uma noite para se esquecer na Copa Libertadores. Em 2009, o Cruzeiro perdeu de virada no Mineirão para Estudiantes de La Plata e ficou com o vice-campeonato no Mineirão completamente tomado pela Nação Azul.

Após uma das melhores exibições da sua carreira no jogo de ida, Fábio viu o Cruzeiro abrir o placar com um lindo chute de Henrique, de fora da área. Entretanto,após bela exibição de Boselli, Verón e Gastón Fernández, Los Pincharratas viraram na segunda etapa, e conquistaram pela quarta vez o torneio continental.

Relembre a decisão da Copa Libertadores de 2009 entre Cruzeiro x Estudiantes

Fábio ainda ficou no quase em outras oportunidades: Em 2014, foi eliminado para o campeão San Lorenzo. Em 2015, para o campeão River e em 2018, para o Boca Juniors. Todas nas quartas de final.

Em 2023, o arqueiro do Fluminense quebrou a sina do “quase” e levantou a taça mais cobiçada dos seus 27 anos de carreira.

ídolo do Cruzeiro posa com medalha de campeão da Libertadores

Fábio agradeceu aos torcedores

Ao fim da partida, Fábio concedeu entrevista à ESPN e lembrou dos cruzeirenses ao agradecer o carinho e a torcida por ele mesmo longe da Toca da Raposa II.

Só gratidão a Deus que me deu saúde, e quero agradecer a todas as equipes que me ajudaram a chegar até aqui. Tenho jogos pelo Vasco, mas a grande maioria pelo Cruzeiro. Torcida Cruzeirense, eu sei que todos vocês estavam torcendo. Vocês sabem do carinho que tenho por vocês. Gratidão sempre!

Fábio, goleiro do Fluminense.
Confira a entrevista em que Fábio agradece torcida do Cruzeiro

Após a entrevista, a torcida do Cruzeiro foi à loucura nas redes sociais. A idolatria de Fábio entre os cruzeirenses ainda é muito grande e boa parte da torcida ficou feliz com a conquista pessoal do atleta, que quase veio em 2009 quando ainda vestia as 5 estrelas no peito.

Torcida parabeniza conquista do goleiro Fábio
Influencer Diogo Medeiros após a declaração de Fábio

Gol do título de John Kennedy

Outro detalhe interessante na decisão para os torcedores cruzeirenses é que o gol do título foi marcado por um torcedor celeste: John Kennedy. Em entrevista recente, o atacante declarou que na infância era torcedor do Cruzeiro.

Além de torcedor, o herói tricolor passou pelas categorias de base do Cruzeiro quando ainda tinha 13 anos, mas pediu dispensa do clube após o treinador da categoria demonstrar pretensões de utilizá-lo na lateral direita. Ele ainda passou pela base do América e foi rejeitado em peneiras no Atlético antes de chegar à Xerém, nas categorias de base do Fluminense.

John Kennedy saiu do banco de reservas e marcou o gol do título para o Fluminense. Foto: Lucas Merçon / FLUMINENSE F.C.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. aceitar LER MAIS