Entre os dias 2 e 5 de novembro será realizado o Festival da Primavera de Acuruí, distrito pertencente  a Itabirito (MG), com uma extensa programação gratuita destinada à comunidade local e regional.  O evento faz parte da segunda etapa do  Festival Das Montanhas e Águas de Minas, realizado em junho, com o tema Mãe D’Ouro, lenda regional ligada à história do ouro.

A programação do Festival da Primavera de Acuruí inicia no dia 2 de novembro, com a oficina Flores do Cerrado – Como fotografar flores do cerrado, por Áurea Neves,  que está com inscrições abertas.  No  dia 3 de novembro  será a abertura da Exposição de Fotos e da Feira de  Flores, seguida de Show de Prêmios. Haverá ainda muita música com a apresentação de Vitão da Viola, na  Praça Principal de Acuruí. O artista levará ao palco canções do passado que continuam a fazer sucesso.

No dia 4 de novembro acontecem a Feira de Artesanato e Gastronomia, na Praça Principal,   a apresentação teatral – O Romance da Cabra Cachaceira e apresentações musicais de André Vitorino – quebra queixo instrumental e da banda de Forró Alcalyno  – o forró feito em  Minas Gerais que conquistou o Brasil, com um repertório do grupo e grandes sucessos do forró pé de serra.  

O encerramento do Festival será no domingo, dia 5 de novembro com a  Feira de  Artesanato e Gastronomia,  a premiação da Princesinha da Primavera,  entrega de mudas gratuitas para o público do evento e apresentação das atrações musicais de Zé Carlos e Banda e de Pirulito da Vila, na Praça Principal.

Podem participar do concurso Princesinha da Primavera estudantes da escola de Acuruí.  Os responsáveis pelas crianças que queiram participar devem procurar a escola para conhecer as regras do concurso e fazer a inscrição. Entre os quesitos estão traje típico da Primavera, simpatia, alegria e desenvoltura.

Raízes – O Festival Das Montanhas e Águas de Minas procura resgatar e valorizar as raízes culturais dos vilarejos,  por  meio de apresentações de vertentes musicais ligadas à viola caipira, com orquestras, trios e bandas, oportunizando espaços para músicos locais, de Itabirito e região,  em sua  programação.

O Festival Das Montanhas e Águas de Minas conta com apresentação do Grupo Avante e da Ferro Puro Mineração, empresa do Grupo Avante, patrocínio da Jaguar Mining,  Eletrobras Furnas e Prefeitura de Itabirito – Secretaria de Patrimônio Cultural e Turismo, por meio das Leis Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais e da Lei Rouanet art. 18.   A coordenação é do produtor cultural Rud Carvalho, a  realização  é da ALCE – Associação Livre de Cultura e Esporte e a produção é da New View Entretenimento e Comunicação.  A empresa Ferro Puro/Grupo Avante é a grande responsável pela viabilização do projeto.  

Programação – FESTIVAL DA PRIMAVERA DE ACURUÍ

Quinta feira  – dia 2 de novembro:

9h às  11h: Oficina Flores do Cerrado – Como fotografar flores do cerrado, por Áurea Neves

Local: Associação de Moradores de Acuruí

Sexta-feira –  dia –  3 de novembro:

16h: Abertura da exposição de fotos e Feira de  flores

Local:  Associação de Moradores de Acuruí

17h: Show de Prêmios: Praça Principal

21h: Vitão da Viola

Local: Praça Principal

Sábado – dia 4 de novembro:

13h: Feira de Artesanato e Gastronomia

Local: Praça Principal

15h: Teatro – O Romance da Cabra Cachaceira

Local: Cortejo da Associação de Moradores  até a Praça Principal

18h: André Vitorino

Local: Praça Principal

20h: Forró Alcalyno

Local: Praça Principal

Domingo – dia 5 de novembro:

12:- Feira de  Artesanato e Gastronomia

Local: Praça Principal

13h: Premiação Princesinha da Primavera

Local: Praça Principal

13h30: Entrega de mudas gratuitas pela Princesinha da Primavera

Local: Praça Principal

14h: Zé Carlos e Banda

Local: Praça Principal

16h: Pirulito da Vila

Local: Praça Principal

Serviço:  inscrições para a Oficina Flores do Cerrado – Como fotografar flores do cerrado – podem ser feitas pelo telefone (31) 98746 2888.

Fonte: Adriana Baumgratz/Infinita Comunicação

COMENTÁRIOS
Share.

Perfil publicador de releases e guest posts, sem autoria própria. Consulte a fonte ao final das matérias/artigos.