Copa do MundoEsporteFutebolSeleção Brasileira

FIFA desiste de Copa do Mundo com 48 seleções em 2022

Expectativa é que novo formato seja adotado em 2026

A FIFA voltou atrás na decisão de mudar o formato da Copa do Mundo já na próxima edição do torneio. A Federação tinha o interesse de expandir o número de seleções participantes da competição. Atualmente a Copa conta com 32 times divididos em oito grupos de quatro equipes. Na “Nova Copa”, teria um aumento de 16 nações. Sendo assim, seriam 48 times em 16 grupos de três.

Segundo o presidente da entidade, Gianni Infantino, a mudança tem como objetivo dar a oportunidade de mais seleções participarem do torneio. Em sua visão, o formato atual privilegia os selecionados europeus e sul-americanos.

FIFA volta atrás

Apesar de continuar entendendo que a mudança será positiva, a FIFA decidiu adiar o início do novo formato. Faltando apenas três anos para a competição, a entidade acredita, portanto, que não há tempo hábil para realizar tais mudanças. Além disso, pela Copa do Mundo de 2022 ser sediada no Catar, questões logísticas atrapalhariam a realização dos jogos.

O Catar é um país minúsculo. Seu território equivale simplesmente a metade de Sergipe, o menor estado brasileiro. E, com o aumento de seleções, aumentaria também o número de partidas. O aumento seria de 64 jogos para 80 confrontos. Sendo assim, se tornaria inviável realizar todos os jogos na nação. Isso significaria, portanto, uma necessidade de se terem mais sedes. Já que, originalmente, o projeto da Copa do Mundo no Catar considerava apenas 32 equipes.

A única solução seria, portanto, levar os 16 jogos a mais para países vizinhos. Mas o Catar tem situação diplomática tensa com Arábia Saudita e Emirados Árabes, suas nações fronteiriças. Os problemas são graves a ponto de as fronteiras entre o país sede e seus conjuntos se manterem fechadas.

Copa de 2026

A Copa de 2026 será realizada numa parceria entre Canadá, Estados Unidos e México. A junção de três nações, grandes territorialmente, possibilitará a realização de jogos a mais. Por esse motivo a Copa do Mundo com 48 times está prevista para se iniciar daqui a sete anos.

Sendo assim, a próxima Copa do Mundo será disputada nos mesmos moldes da última, a Copa da Rússia. Que terminou tendo a França como campeã.

A Copa do Mundo é disputada no atual formato, com 32 times, desde 1998. Anteriormente a competição recebia a participação de 24 países, sendo disputada, portanto, com oito times a menos. A FIFA tem, atualmente, mais de 200 filiados, sendo assim, a “nova Copa” englobaria mais associados.

Como seria o chaveamento?

Em documento da FIFA é possível ver como será o chaveamento na Copa do Mundo com 48 seleções. Veja:

FIFA desiste de Copa do Mundo com 48 seleções, já em 2022
Crédito da arte: FIFA/ Reprodução

Na “nova Copa”, as vagas por federações seriam divididas assim:

Uefa: 16 vagas
África: 9,5 vagas
Ásia: 8,5 vagas
Conmebol: 6,5 vagas
Concacaf: 6,5 vagas
Oceania: 1 vaga

As vagas citadas como 0,5 são referentes às repescagens.

Facebook Comments

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios