‘Fina Estampa’ e ‘Totalmente Demais’ serão reprisadas na Globo em programação afetada pelo Coronavírus

A TV Globo decidiu interromper as gravações das suas novelas e reprisar um compacto de outras novelas. A informação foi confirmada pela própria emissora. A interrupção das produções foi motivada por causa do avanço do novo coronavírus (COVID-19) no país, numa tentativa de preservar e proteger os profissionais que atuam frente às câmaras ou por trás delas.

Começando por “Malhação: Toda forma de amar”: a novela teen escrita por Emanuel Jacobina está na reta final de temporada, com previsão de término para o mês de maio, porém seu fim foi antecipado para abril. A próxima temporada foi adiada e a emissora carioca ainda não definiu qual reprise ficará no lugar.

A novela das seis, “Éramos Seis”, adaptada por Angela Chaves, também está no fim. Em suas últimas semanas, se não houver alteração, a produção seguirá até o seu último capítulo que deverá ir ao ar em 27 de março.

A sucessora de “Éramos Seis” foi adiada. “Nos Tempos do Imperador” é a continuação de ”Novo Mundo” (2017), ambas escritas por Thereza Falcão e Alessandro Marson. A nova produção se passa 40 anos à frente de “Novo Mundo” e vai contar a história Dom Pedro II, que será interpretado pelo ator Selton Mello.

A novela também também teve suas gravações afetadas e a estreia foi adiada. Nesse “buraco” entre uma e outra, a Globo vai reexibir um compacto de “Novo Mundo”.

A novela das sete, que atualmente é “Salve-se Quem Puder”, de Daniel Ortiz, será interrompida, saindo do ar temporariamente e abrindo espaço para a reprise de “Totalmente Demais”, novela escrita por Rosane Svartman e Paulo Halm, e exibida originalmente entre 2015 e 2016.

Do mesmo modo acontecerá com a novela das nove, “Amor de Mãe”, de Manuela Dias. O folhetim será interrompido e abrirá espaço para a reprise da novela “Fina Estampa” (2011/2012), escrita por Aguinaldo Silva. A estreia deve ocorrer já na próxima segunda-feira (23).

 

OUTROS PROGRAMAS:

Não foi somente as novelas que foram afetadas, outras produções da Globo passaram por ajustes. No último domingo (15), o “Domingão do Faustão” foi ar pela primeira vez sem plateia. “Esse Domingão de 15 de março de 2020 é o primeiro de sua história em quase 31 anos de história na Globo, de um programa de auditório, que terá o seu auditório vazio”, disse o apresentador.

A semana começou sem o programa da Ana Maria Braga, o “Mais Você”, que saiu do ar para preservar a saúde da apresentadora, que está em tratamento contra o câncer. O “Encontro”, da Fátima Bernardes, também saiu do ar e no lugar entrou o programa “Combate ao Coronavírus”, apresentado por Márcio Gomes, que trata da pandemia do covid-19. Aliás, o apresentador foi aclamado na internet.

Também saíram do ar os programas “Globo Esporte” e o “Se Joga” Com isso, a Globo passa a ter onze horas dedicada ao jornalismo, começando às 04h00 com o “Hora Um da Notícia” (ou simplesmente “Hora Um”), comandado por Roberto Kovalick. Passando pelo “Bom Dia Minas” que foi esticado até às 08h30. Em seguida, vem o “Bom dia Brasil”, que também foi aumentado, ficando no ar até às 10h00.

O vespertino “Jornal Hoje” também teve sua duração aumentada, ocupando o horário do “Se Joga”. O Programa “Conversa com Bial”, apresentado por Pedro Bial, também foi adiado.

Comentários