Finais dos Jogos Escolares de Minas Gerais (JEMG) vai reunir mais de 6 mil atletas
Crédito da foto: Tiago Ciccarini/ JEMG

O maior evento de competição esportiva escolar do Brasil, os Jogos Escolares de Minas Gerais (JEMG), estão chegando ao fim. A partir da próxima terça-feira (30), os atletas que se classificaram nas etapas anteriores disputarão as finais da competição.

As finais do JEMG 2019 esperam receber cerca de 6,5 mil jovens atletas, que representam 267 municípios do estado. A competição é formada por alunos de 12 a 17 anos, de escolas públicas e particulares de Minas Gerais. As escolas participantes somam o número de 1.091, e são representantes de todas as partes do estado.

Neste ano, as competições que irão decidir os campeões nas categorias serão realizadas no município de Uberlândia, no Triângulo Mineiro. A abertura do evento irá acontecer no Estádio Municipal Parque do Sabiá, já na noite de amanhã (30).

Na fase final, serão disputadas as modalidades coletivas, individuais e paralímpicas. Os mais de 6 mil atletas irão disputar as categorias de atletismo, atletismo PCD, badminton, basquetebol, bocha, ciclismo, futebol de 7, futsal, ginástica rítmica, handebol, judô, natação, natação PCD, tênis de mesa, tênis de mesa PCD, voleibol, vôlei de praia e xadrez.

Os Jogos Escolares de Minas Gerais são promovidos pelo governo de Minas, através da Subsecretaria de Esportes, em parceria com a Secretaria de Estado de Educação (SEE). Em 2019, os jogos tiveram recorde de inscrições, com cerca de 839 municípios inscritos. Isso significa quase 98% do total das cidades mineiras.

Os campeões dos Jogos Escolares de Minas Gerais irão representar o estado nos Jogos Escolares da Juventude e nas Paralimpíadas Escolares, ambos de nível nacional.

Comentários do Facebook

Receba notícias do Mais Minas através do nosso grupo oficial do TELEGRAM. Não se preocupe, somente nosso número conseguirá fazer publicações, evitando assim conteúdos impróprios e inadequado. Participe: ENTRAR.

Faça parte também das nossas redes sociaisFacebook e Instagram. Siga o Mais Minas no Google Notícias clicando aqui.