Take a fresh look at your lifestyle.

Aprovado os recursos para a finalização das obras de restauro da igreja de Cachoeira do Brumado

As obras iniciam-se esse ano com um prazo de 6 meses para conclusão.

A Prefeitura de Mariana aprovou os recursos para a finalização da restauração dos elementos artísticos da Igreja Nossa Senhora da Conceição, de Cachoeira do Brumado. O recurso, que fica em torno de R$ 200 mil, é do Fundo Municipal de Preservação do Patrimônio Cultural e será investido na restauração do Arco do Cruzeiro e Púlpitos.

“É de suma importância a restauração dos nossos patrimônios. A Igreja de Nossa Senhora da Conceição é um dos mais belos e originais exemplares da arte do século XVIII e precisamos resgatar a sua originalidade”, afirmou o prefeito Duarte Júnior.

A notícia alegrou os cachoeirenses, como o paroquiano, Fernando Pereira de Freitas. “Ficamos muito felizes com a notícia e satisfeitos de poder contar com o poder público municipal no que tange a liberação de recursos, contratação e execução das obras. A igreja de Cachoeira tem uma representatividade muito grande para a comunidade e é também referência para a pintura colonial, pois temos técnicas, cores e trabalhos muito bem desenvolvidos que foram ocultados com a passagem do tempo e que agora, com essas obras, virão à tona”, destacou.

As obras iniciam-se esse ano com um prazo de 6 meses para conclusão.

Primeira etapa – As obras de restauro iniciaram-se em 2015. Durante o processo de restauro foram descobertas várias riquezas da policromia original da igreja como os elementos florais nos altares, além de pinturas em estilo chinês encontradas no forro do retábulo que é atribuído a Nossa Senhora do Rosário. Além da policromia, com a remoção das camadas de tinta foi possível visualizar, também no retábulo que é atribuído a Nossa Senhora do Rosário, um rosário entalhado na mesa, além da imagem de um sagrado coração de Jesus.

Outra descoberta interessante foi quando eles realizaram a limpeza debaixo do retábulo-mor e puderam encontrar fragmentos de elementos de uma imagem de Nossa Senhora da Conceição, uma imagem de barro branco que, possivelmente, é do século XVIII. Os fragmentos foram o suficiente para reconstituir a imagem. Os elementos artísticos do retábulo-mor e retábulos Colaterais, localizados ao lado da Epístola, também foram restaurados.

De acordo com o Coordenador de Serviços de Preservação do Patrimônio Cultural da Prefeitura de Mariana, Lélio Pedrosa Mendes, a obra ficou em R$ 350 mil, verba do FUNPAC (Fundo Municipal de Preservação do Patrimônio Cultural de Mariana), e não foi a primeira intervenção pela qual a igreja já passou.  “Conforme registro, arquivado no escritório da paróquia, em 1979, ocorreu a repintura dos altares, em 2000 houve a troca do assoalho de madeira, feito pela própria comunidade, e recentemente, em 2009, a troca da rede elétrica, engradamento do telhado, troca do forro e pintura externa”, afirma.

Fonte: Prefeitura Municipal de Mariana

Leia também: Igreja de Bento Rodrigues é tombada pelo IEPHA de Minas Gerais

Close