The news is by your side.

Frio bate recorde em Minas Gerais; Em BH, a sensação térmica chegou aos -8°C

No início desta semana, os termômetros registraram um novo recorde de baixas temperaturas em Minas Gerais. Em Monte Verde, distrito de Camanducaia, no Sul do estado, após ter registrado -2,1 °C na madrugada de domingo, o distrito registrou -2,8°C nesta segunda-feira (8), a mais baixa registrada no estado de Minas Gerais no ano de 2019.

Em Belo Horizonte, capital mineira, baixas temperaturas também foram registradas. Nesta segunda-feira, os termômetros registram 7,2 ºC, temperatura menor do que a que foi registrada na madrugada de domingo, que chegou aos 5,7 °C, a menor do ano na capital.

Apesar de não bater nenhum recorde, a sensação térmica em Belo Horizonte chegou aos -8°C.  O Instituto Nacional de Metereologia (Inmet) chegou a divulgar a informação de que a sensação térmica na cidade alcançou -3°C, mas logo depois o órgão corrigiu o dado e informou que os ventos desta manhã geraram uma sensação de frio ainda mais intensa, cerca de -8°C.

De acordo com Claudemir de Azevedo, meteorologista do Inmet, a capital mineira teve rajadas de vento que chegaram a 50km/h. O motivo das baixas temperaturas é uma massa de ar polar que atravessa o estado de Minas Gerais.

Ao longo desta segunda-feira, a temperatura em Belo Horizonte deve subir e alcançar máxima entre 20°C e 22°C e a partir de amanhã os termômetros deverão voltar a marcar temperaturas mais altas.

 

Previsão para os próximos dias

Segundo o Inmet, as temperaturas irão se elevar gradualmente no estado. Isso porque, de acordo com o instituto, a massa polar que atravessa o estado irá se deslocar para o oceano nos próximos dias.

No entanto, pelo menos ate a próxima quarta-feira (10), ainda há previsão de geada no Sul de Minas. Em Belo Horizonte as temperaturas deverão continuar baixas durante a semana, mas sem expectativa de superarem o recorde registrado no domingo, de 5,7°C.