The news is by your side.

Futebol inglês domina as finais europeias em 2019

UEFA Champions League e UEFA Europa League. O que os dois torneios interclubes da Europa tem em comum além do prefixo da federação organizadora em seus nomes? Bom, pelo menos nesse ano, ambas as competições terão apenas clubes ingleses decidindo os títulos.

Considerada a liga mais forte do mundo, a Premier League, ou Campeonato Inglês, enfim fez jus a esse status e dominou por completo o futebol europeu na temporada. Na Champions League, torneio de clubes mais importante do mundo, Liverpool e Tottenham irão disputar o caneco. Já na Europa League, uma espécie de torneio secundário, Arsenal e Chelsea farão a final.

Champions League

Não faltou emoção nas semifinais da Champions. Duas viradas épicas colocaram os times ingleses na final da competição. Primeiro pudemos presenciar um segundo “Milagre de Instanbul“, realizado pelo Liverpool, mas dessa vez em sua casa, os estádio Anfield. Na outra semifinal, o Tottenham contou com a estrela do brasileiro Lucas Moura para, fora de casa, conquistar uma virada épica sobre o Ajax, mesmo chegando a ficar três gols atrás no placar agregado.

Liverpool

Primeiro finalista definido, o Liverpool perdeu o jogo de ida, para o poderoso Barcelona, no Camp Nou, por 3 a 0, com show de Lionel Messi. Muitos já deram o confronto como decidido, já ao fim do primeiro jogo. Ainda mais após a notícia que os craques Roberto Firmino e Mohamed Salah ficariam de fora do jogo, por lesão.

Mas para quem conhece a história dos “Reds”, a virada era muito possível, sim. E no jogo de volta, dois heróis improváveis, o meia Wijnaldum e o atacante Origi, entraram em cena e, com dois gols da cada um, o clube inglês fez 4 a 0 no Barça e despachou os Catalães.

Futebol inglês domina as finais europeias em 2019
Atacante Divock Origi substituiu Roberto Firmino e marcou dois gols na semi da Champions League – Crédito da foto: Carl Recine/ Reuters

Tottenham

Os “Spurs” também passaram por maus bocados nas semis da Champions. Após perder em casa por 1 a 0, o Tottenham foi para a Holanda com a missão de desbancar a surpresa Ajax, sem contar com seu principal jogador, o atacante Harry Kane. E se a missão era difícil, no primeiro tempo se tornou quase impossível. Com gols dos excentes De Ligt e Ziyech, o time holandês abriu 2 a 0 e praticamente enterrou os sonhos do clube inglês.

Mas quem tem Lucas Moura, tem tudo. O brasileiro, num segundo tempo mágico, fez três gols, sendo o terceiro aos 51 minutos, classificando o Tottenham para sua primeira final de Champions da história.

Futebol inglês domina as finais europeias em 2019
Lucas Moura foi o grande herói do Tottenham ao marcar três gols no segundo jogo da semifinal – Crédito da foto: Dan Mullan/ Getty Images

Europa League

As semifinais da Europa League não foram tão épicas como as da Champions, mas não faltaram bolas na rede. Foram 14 gols em quatro partidas, assinalando, portanto, uma média de quase quatro gols por jogo. Na primeira semi, Arsenal e Valencia se enfrentaram e o time inglês passeou. No outro confronto, Chelsea e Frankfurt fizeram duas partidas muito duras e só decidiram o classificado na disputa de pênaltis.

Arsenal

Os “Gunners” não tiveram dificuldades para despachar os espanhóis. Foram duas vitórias. A primeira, em casa, por 3 a 1. E a segunda, fora, por 4 a 2. Vale destacar o bom desempenho dos atacantes das duas equipes. Dos sete gols marcados pelo Arsenal no confronto, quatro foram marcados por Pierre-Emerick Aubameyang, autor de um hat-trick na segunda partida, e três foram marcados por Alexandre Lacazette. E dos três tentos do Valencia, dois foram marcados por Kevin Gameiro. Portanto, apenas Mouctar Diakhaby, volante do clube espanhol, mudou a regra de apenas atacantes marcarem no confronto.

Futebol inglês domina as finais europeias em 2019
Aubameyang marcou três vezes contra o Valencia, fora de casa, e foi o grande nome do confronto – Crédito da foto: Sergio Perez/ Reuters

Chelsea

Os “Blues”, por sua vez, sofreram para bater o Eintracht Frankfurt, da Alemanha. Após dois empates em 1 a 1, a partida foi definida nos pênaltis. E o time inglês contou com duas defesas de Kepa Arrizabalaga para se classificar à final. Um destaque do confronto foi o jovem atacante Luka Jovic, de 21 anos, que marcou os dois gols do Eintracht. Jovic faz grande temporada e muitos jornais dão como certa sua contratação pelo Real Madrid, na próxima temporada.

Futebol inglês domina as finais europeias em 2019
Kepa Arrizabalaga deu a classificação ao Chelsea ao defender dois pênaltis – Crédito da foto: John Sibley/ Reuters

Datas

A final da Europa League, entre Chelsea e Arsenal, será realizada no dia 29/05, quarta-feira, às 16h (horário de Brasília). O jogo será disputado no Estádio Olímpico de Baku, no Azerbaijão.

Já a decisão da Champions League acontecerá no dia 01/06, sábado, também às 16h (horário de Brasília). A partida acontecerá no estádio Wanda Metropoltano, em Madrid, na Espanha.