Galo XXI: qual é o maior treinador do Atlético no século?

Um dos times mais vitoriosos da América no século, o Atlético foi e ainda é casa de grandes jogadores e times históricos, que marcaram época no alvinegro mineiro. Conhecido pelo futebol ofensivo, força da torcida e raça em campo, o Galo é um dos adversários mais temíveis no país.

E pensando na gama de grandes nome que passaram pelo clube, pergunto a você, torcedor, se já parou para pensar em quais são os maiores jogadores do Atlético no século XXI? Bom, vide o número craques que vestiram a camisa alvinegra, essa pergunta não é a mais fácil de responder. Mas, com sua ajuda, nós do Mais Minas tentaremos desvendá-la.

Nos próximos dias realizaremos enquetes com os maiores e melhores jogadores do Atlético em cada posição, falando um pouco de suas trajetórias com a camisa alvinegra e você, torcedor, irá votar em seus favoritos. Ao final das matérias, que serão divididas em goleiros, laterais-direitos, zagueiros, laterais-esquerdos, volantes, meias, atacantes e técnicos, iremos analisar os mais votados e montar a seleção do Galo no século XXI.

E após começar com as eleições de Victor, Marcos Rocha, Leonardo Silva, Réver e Douglas Santos na defesa, além da dupla Pierre e Leandro Donizete como volantes, e das votação ainda em aberto do maior meia e maior atacante, iremos decidir agora o maior técnico do Atlético no século XXI. Vamos aos candidatos:

Levir Culpi (1994-1995, 2001-2002, 2006-2007, 2014-2015 e 2018-2019)

Com nada menos que cinco passagens pelo Atlético, Levir Culpi é sem dúvidas um dos treinadores mais marcantes da história da equipe. A primeira vez de Levir no Galo foi ainda nos anos 1990,  quando faturou o Campeonato Mineiro de 2005, competição que ele voltaria a ganhar pelo clube em 2007, goleando o rival Cruzeiro por 4 a 0 no primeiro jogo da final, e em 2015.

Além disso, Levir Culpi conquistou ainda a Série B de 2006, levando o clube de volta à elite do futebol nacional e a Copa do Brasil de 2014, vencendo o Cruzeiro na final com atuação irretocável. O único título internacional do treinador com a camisa do Atlético foi a Recopa Sul-Americana, também em 2014, batendo o Lanús da Argentina. Pelo Galo, o treinador conquistou seis troféus.

A última passagem de Levir no Atlético foi também seu último trabalho com treinador, visto que ele se aposentou após ser demitido em 2019.

Galo XXI: qual é o maior treinador do Atlético no século?
Levir Culpi teve nada menos que cinco passagens pelo Galo – Crédito das fotos: Bruno Cantini/Atlético

Cuca (2011-2013)

Um dos treinadores mais queridos pelo torcedor atleticano, Cuca sempre é ligado ao clube quando este fica sem técnico. E ele fez por onde toda essa identificação, afinal, era o comandante do Atlético na icônica conquista da Copa Libertadores de 2013. Com um time ultra ofensivo, rápido e letal no jogo aéreo, o treinador levou o Galo à conquista inédita.

Cuca chegou ao clube em 2011 com a missão de salvar o Atlético do rebaixamento naquele ano e cumpriu a missão. Seguiu em 2012 e conquistou o estadual daquele ano, além de uma boa campanha no Brasileirão, que rendeu o vice-campeonato. Em 2013, mais uma vez o Galo foi campeão mineiro e em seguida o time viria a levantar a Libertadores, como já citado.

Cuca deixou o time após disputar o Mundial de Clubes de 2013 rumo ao milionário futebol chinês. Desde então, apesar das frequentes especulações, não mais comandou o Atlético.

Galo XXI: qual é o maior treinador do Atlético no século?
Cuca comandou Ronaldinho e companhia no Atlético – Crédito das fotos: Bruno Cantini/Atlético

[mpp id=”17″]

Caso não consiga votar, clique aqui.

Vote também: Qual é o maior atacante do Atlético no século?

Comentários estão fechados.