Incêndio no prédio de Barbacena que matou criança pode ter sido criminoso

Um incêndio ocorrido no início da manhã deste domingo, 15 de março, em Barbacena, que teve por consequência a morte de uma criança de 4 anos, e ainda deixou várias pessoas em estado grave, pode ter sido um crime passional.

Segundo informações dos bombeiros, o fogo teria iniciado, provavelmente, dentro de um veículo na garagem do prédio, que está localizado na região Central da cidade, e que tem 26 moradores.

Barbacena: incêndio em edifício faz uma vítima fatal e deixa outras em estado graveqq
Crédito da foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais

Ainda neste domingo, a polícia prendeu um homem de 45 anos, que supostamente teria colocado fogo no carro que pertencia à sua ex-esposa, por causa do fim do relacionamento. Segundo informações do site Barbacena Online, o homem é indicado como sendo um Sub-oficial da Aeronáutica, e prestou depoimento no início da noite deste domingo, na Delegacia de Polícia de Barbacena.

Crédito da foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais

O prédio, que não possuía o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), segue preventivamente interditado, até que se faça uma nova avaliação. A edificação possui três andares e 14 apartamentos, sendo que alguns estavam desocupados. Durante o incêndio, 28 moradores estavam em suas casas e 11 pessoas ficaram feridas, a maioria por inalação de fumaça. Além da criança de quatro anos que foi encontrada morta pelo Corpo de Bombeiros, duas outras pessoas encontram-se em estado grave. Nenhum morador pode entrar no prédio.

Comentários